Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cascata «New Age»

por Fernando Lopes, 7 Jun 17

 

cascata.JPG

 

Já todos ouviram a música de homenagem ao Porto em que Rui Veloso fala em «cascata S. Joanina». Uma cascata de S. João é uma representação dos três santos populares (em figuras toscas de barro), colocadas num declive (talvez daí o termo cascata) e com elementos ornamentais. Eram feitas por crianças que pediam um tostãozinho para o Santo António, S. João e S. Pedro, à medida que as festas se iam concretizando. Dizem que esta tradição surgiu no Séc. XIX, pouco ou nada se sabe sobre a sua origem. Desta simplicidade, que pretendia retratar a vida dos bairros populares, passou-se para algo mais sofisticado, uma espécie de presépio de verão, tendo sido introduzidos elementos cada vez mais complexos, como moinhos, pontes, e figurantes, muitos figurantes. Hoje existem poucas e são enormes, incluindo elementos animados pela água, bandas de música à moda de Barcelos, uma panóplia de elementos. A tradição também se modernizou. Deixo-vos uma espécie de cascata em papel, que inclui expressões e figuras típicas da região. Esta está cheia de tripeirismos como «vais levar uma lamparina», «nós aqui alapadas a morfar e vem este mitra roubar-nos», «é tão fixe laurear a pevide». Pode ser vista algures na Rua da Constituição.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

Na boca do povo

subscrever feeds