Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A ATM do Banco Mau.

por Fernando Lopes, 20 Set 14

19/09/2014, Centro Comercial Cidade do Porto

 

A primeira máquina só me disponibilizava notas de 50 euros. Deambulei pelo centro comercial à procura de alternativa. Lá estava ela, igual às outras, indiferente, a ATM do Banco Mau. Pus-me à sua frente e senti-me numa espécie de roleta, pronto a arriscar a escassa guita que me resta em vinte segundos de relação. Iria a ATM má, através de uma complexa rede electrónica sugar o dinheiro associado ao meu cartão MB? Enquanto introduzia o cartão e digitava o código temi uma mensagem do género: «Todo o seu dinheiro foi usado para tapar o buraco do Banco Mau. Adeus». Não, as máquinas não fazem isso, só os governos, e esses, ao que dizem, são legitimados por uma coisa chamada voto. Recolhi o dinheiro e o cartão. Estava encharcado em suor. Não é todos os dias que estou cara a cara com uma ATM do Banco Mau. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este blogue tem memória. Não esquece, Passos Coelho também não. Vítor Bento, há mais de uma década na SIBS, foi promovido por mérito no BdP. Quando funcionários estão em comissão de serviço as promoções por antiguidade podem acontecer, dependendo do regime acordado. As de mérito habitualmente destinam-se a que exerce funções efectivas na empresa. Ao que parece Bento foi promovido acima das suas possibilidades

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds