Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentir-me bem só por me sentir mal.

por Fernando Lopes, 13 Ago 17

Olho ao meu redor e invejo-os, a eles, às suas vidas normais, às suas mulheres anafadas, aos filhos com ar de parvo, corte de cabelo estranho e Playstation na mão. Invejo-lhes o BMW em segunda mão, as férias em Quarteira, o polo aperreado a salientar a pança. Queria que a minha única preocupação fosse a derrota do Porto, aceitar tudo, não questionar nada, não ter angústia, desconforto, insatisfação permanente. Depois olho para as minhas mãos, permanentemente transpiradas. Assim desde sempre. Entendo que esse estado estranho de aflição é a minha natureza. Sorrio, porque sei que sentir-me mal é o meu modo de me sentir bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

7 comentários

De Anónimo a 13.08.2017 às 01:30



Duas palavras te descrevem na perfeição: "insatisfação permanente"
Não mudes nunca.mm


De Fernando Lopes a 13.08.2017 às 02:18

Sou há demasiado tempo este ser bizarro, já não me suporto. Estranho ainda mais que alguém goste, seja amigo, de alguém assim.


Beijo.

De Alice Alfazema a 13.08.2017 às 08:24

Quem pensa demasiado fica assim angustiado, porque o teu cérebro não descansa com os pormenores que vês a cada nano-segundo.


Um abraço e ainda bem que sorris disso é sinal que te compreendes, e isso é o céu. :)

De Fernando Lopes a 13.08.2017 às 11:55

Não sei se é pensar demais. Às vezes sinto-me como um espécie de pára-raios que absorve tudo mas só dá importância ao que angustia. Ele há cada maluco.




Grande abraço, Alice.

De fashion a 13.08.2017 às 19:11

Excelente pensamento que percebo muito bem.

De Fernando Lopes a 13.08.2017 às 21:23

Provavelmente porque sente o mesmo.

De fashion a 13.08.2017 às 21:31

Sinto,sim.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Só queria um cartão do banco de esperma.Filipe que...

  • Fernando Lopes

    Minha querida, sou de letras. Tudo o que passe de ...

  • Fernando Lopes

    Não seja gabarolas que não te fica bem, amigo. ;)F...

  • redonda

    não estaremos a esquecer os divertidíssimos exercí...