Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os homens não se querem bonitos.

por Fernando Lopes, 13 Set 16

Se perguntados, a maioria dos homens dirão que não se importam de não ser bonitos. Não é que não nos importemos, habituamo-nos a conviver com a escassa beleza que nos calhou em sorte, mas no fundo, no fundo, todos gostaríamos de ser um Brad Pitt. Uma carinha laroca é meio caminho andado para o sucesso no amor, até mesmo profissional. Somos levados a cultivar outras características que se tornem interessantes para as mulheres: humor, inteligência, cultura, cavalheirismo. Charme, carisma, são coisas que se podem tentar aprender, mas que essencialmente, ou temos ou não. Hoje de manhã olhei para o espelho e disse para comigo: estás melhor que a grande maioria dos da tua idade. Não sei porquê, senti-me reconfortado. Esta necessidade de ser fisicamente apelativo esmorece com o tempo, mas não desaparece nunca, queremos sempre estar no nosso melhor, pelo menos no melhor possível. Achei que o sacrifício que tenho feito estes meses com a dieta me rejuvenesceram um pouco. Ou como disse a minha Directora-Geral, uma senhora muita queque: está dez anos mais novo! É bom estarmos mais ao menos bem na nossa pele, recuperar lentamente o amor-próprio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

36 comentários

De alexandra g. a 13.09.2016 às 19:58

A Directora-Queque-Geral não percebe nada de pessoas, que o importante disseste-o tu: amor-próprio. Com esse, mesmo com mais 10 quilos, vai-se longe (viajando adentro, em primeiro lugar :)

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 20:17

A senhora foi simpática, disse-o por cortesia. A verdade é que devo estar a passar por uma crise de meia-idade, que se lixe. Vou para um ginásio, estou a ler Hollebecque, um gajo com fama de facho. É sinal do fim dos tempos... :)

De Anónimo a 13.09.2016 às 21:31

Ginásio e perder peso ok...mas o Hollebecque? Não é por ser facho, é que um embuste, claro, na minha opinião (só li o mapa e o território mas nem sei como cheguei ao fim de tal coisa). 
~CC~

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 21:35

É esse que estou a ler, obrigado pela motivação. 
Image

De alexandra g. a 13.09.2016 às 21:32

É favor não confundir simpatia com cortesia (sei-o por experiência: os japoneses parecem simpáticos? - Sim. Erro, são corteses :)


Também não acredito no mito da crise da idade do meio, ou lá o que é.


Em contrapartida, sou toda pelo amor-próprio, sem o qual me parecem absolutamente comprometidas as hipóteses de amar outro alguém :D


________
p.s. - acho que estás a ressacar do encontro com a Pilar :P

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 21:39

A crise da idade do meio para mim é real no sentido em que tens mais passado que futuro. Isso preocupa-me, sinceramente.


_____________________________________
E já estava com saudades das tuas «bocas laterais». :) Fizeste formação com o meritíssimo Carlos Alexandre? 

De alexandra g. a 13.09.2016 às 21:44

Não, Fernando, não fiz, mas o meu primeiro namorado tornou-se juiz (a causa foi sempre própria...).


Só não te convido para um duelo pois, seguramente, optarias por sumos detox e não faria sentido eu ficar ali com uma ardósia coberta de enchidos e uma garrafa de tinto inteirinhos para mim :PPPPPPPP

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 21:49

Os enchidos marchavam na mesma, só que acompanhados de couves cozidas. Nem imaginas as hortas que já desbastei neste último meio ano. 

De alexandra g. a 13.09.2016 às 21:54

Enquanto não comeres uma alface inteira, devidamente pontuada por meias luas de cebola, ao almoço, i must say i'm not impressed :D

De Genny a 13.09.2016 às 20:59

óh pra ele, todo vaidoso! Image

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 21:15

Genny, quem me conhece sabe que não sou nada vaidoso. Talvez seja porque me disciplinei, porque custa envelhecer, porque fiz sacrifícios que compensaram. Não leves a mal, é o meu momento de frivolidade.

De Genny a 13.09.2016 às 21:25

Não tens que te justificar, Fernando. Só estou a brincar contigo. 

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 21:31

É uma conversa de amigos. :)

De Carlos A. de Carvalho a 13.09.2016 às 21:55

Tens mais sorte que eu . Antigamente olhava para o espelho e ria-me , agora o espelho olha para mim e gargalha . A minha amada esposa colocou um espelho enorme perto da casa de banho , onde só passo vestido e de costas . 

De Fernando Lopes a 13.09.2016 às 22:11

Não vale a pena, embora todos gostemos de ter bom aspecto, sabes bem que somos mais que a aparência. 

De Anónimo a 14.09.2016 às 11:55

Estou necessitado de uma directora geral queque.
Filipe que foge de espelhos.

De Fernando Lopes a 14.09.2016 às 13:11

Sei bem quem é a Directora Geral do teu coração.

De Henedina a 15.09.2016 às 07:37

10 Kg ;) mais novo?

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 10:54

De alguma forma a alma também tem andado mais leve. :)

De Marta Elle a 15.09.2016 às 10:08

Lamento mas só me interesso por homens bonitos. Image

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 10:54

Faz V. Ex.ª muito bem.

De Us4all a 15.09.2016 às 11:05

Image mesmo, em qualquer idade é bom sentirmo-nos bem connosco só assim nos sentiremos bem com os outros. 



Mas a propósito da beleza masculina, recordo-me sempre de um comentário da minha mãe "olha que tu não arranjes um giro que só dão dores de cabeça, depois há não sei quantas malucas de volta dele" Image


us4all.blogs.sapo.pt

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 11:18

É um mito. A maior parte dos tipos que traem, se perdem por um rabo de saia, são feios como breu. Tem muito mais a ver com as pessoas que com a sua aparência física.

De Zzzzz a 15.09.2016 às 12:08

 Ó Fernando, essa veia feminina está em grande. Ou abordas uma questão em que os homens sempre foram um bocado comedidos. Perante o desejo abstracto de querer ser bonito, mais tarde ou mais cedo somos confrontados com a questão concreta do que é ser bonito.

Não há nada mais complexo que a beleza. Tudo o que podemos dizer sobre ela é que ela é filha do espírito do tempo. E vindo a moda, o cinema, o Facebook, a meter o seu bedelho então a confusão é total e só acabamos a querer ser quem somos.

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 12:18

Ponho-te a questão de um modo «filosófico»: Há alguém que não queira ser bonito, pelo menos o mais bonito possível? Procuramos isso na vida, arte, literatura, pessoas. Um coisa é querer parecer o melhor possível, outra é a escravidão da aparência. Essa acho de uma pobreza confrangedora. Convivo bem com este meu «lado feminino» como dizes, mas não acho que seja feminino, é humano. 

De redonda a 15.09.2016 às 20:28

Neste post faltaram as fotografias...

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 20:32

Gábi, tipo antes e depois? Ainda me resta algum pudor. ;)

De redonda a 15.09.2016 às 20:42

:) Exactamente, vamos precisar de pelo menos duas fotografas!

De redonda a 15.09.2016 às 20:43

 fotografias (e agora vou a correr jantar qualquer coisa, antes de desmaiar com fome ou continuar a escrever com erros)

De mami a 15.09.2016 às 21:11

a beleza é relativa (excetuando feios muito feios).
um homem cuidado e com personalidade pode ser muito mais interessante que um ken ou um brad.
se acrescentarmos autoconfiança e o "estar bem na sua pele" teremos um homem irresistível!
Palavra de mami ;)

De Fernando Lopes a 15.09.2016 às 21:14

A menina diz, eu acredito. Tenho mãe e filha em casa, estou habituado a obedecer. :)

Comentar post

Pág. 1/2

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

  • alexandra g.

    Uma bela albina, poderia ser gémea da gata da minh...

  • Fernando Lopes

    Tu és de pouco alimento, a despesa suporta-se bem....

  • Anónimo

    Com a poupança que tens tido nos almoços comigo e ...