Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O teste Gentil Martins.

por Fernando Lopes, 17 Jul 17

Almoço. Sento-me no restaurante habitual e peço sopa e bacalhau com espinafres. A meio da sopa sentam-se a meu lado quatro senhoras. Estranho o facto de estarem de óculos escuros dentro de um centro comercial. Olho melhor e apercebo-me que as sras. não são bem senhoras, ou não foram sempre senhoras, ou algo parecido. Das quatro só vejo nitidamente três. Duas são razoavelmente femininas, a outra parece um pugilista a quem depilaram e colocaram uma cabeleira e mini-saia. De forma clara é um work in progress. No restaurante tudo se passa dentro do maior civismo, staff e clientes agem com a maior das normalidades. Seria hipócrita se não admitisse que a situação nos causou alguma estranheza, mas nada mais que isso. Da parte de todos existiu urbana indiferença. Ninguém insultou, comentou alto, pensou que eram doentes. Portugal está muito mais tolerante na aceitação de pessoas transgénero que o Dr. Gentil Martins.

Autoria e outros dados (tags, etc)

9 comentários

De Anónimo a 17.07.2017 às 19:16

Gostaria de comentar mas o meu estado de zarolhice não o permite; a tua afilhada não larga o meu telefone.
Filipe com saudades do shópe.

De Fernando Lopes a 17.07.2017 às 19:44

O shópe transformou-se num local inóspito para os Gentis Martins desta vida.

De alexandra g. a 18.07.2017 às 00:19

ah, eu não largo o teu telélé, mas seria tudo mais fácil se deixasses de esconder as minhas peças de lingerie favoritas, para que não tivesse eu de ligar às meninas se as levaram para Coimbra ou Lisboa...


:PPPPPPPPPPPP

De lucilia a 17.07.2017 às 19:37

Amén, dirá muito boa gente à ideia infeliz do Dr Gentil Martins  sobre os homossexuais e devem estar todos a masturbarem-se "homofóbicamente"  esses, os normais...benditos sejam....será deles o reino dos céus.
Sabe Fernando, apesar de, eu fico sempre surpreendida connosco, Portugueses, conheço meios pequenos onde são respeitados como pessoas.

De Fernando Lopes a 17.07.2017 às 19:48

Lucília, não duvido disso. Ainda há pouco tempo a população de Castanheira de Pêra defendeu um maestro homossexual contra a prepotência e homofobia clerical. 

De Carlos A. de Carvalho a 17.07.2017 às 23:02

Vem morar aqui onde moro ,  e vais ver tantos ( ou será tantas ? ), que vai chegar uma hora que nem acreditas que seja verdade . Ás vezes penso  que deve ter alguma coisa na água , no ar ou seja lá o que for . São tantos que quem não é , se sente até deslocado . Será que "adivinhas" que país é esse ? 

De Fernando Lopes a 18.07.2017 às 18:20

Não me incomoda nada. Obviamente, estranhei, não é algo com que se lide de forma diária. Fora isso, cada um que viva a sua sexualidade como bem lhe apetece.

De redonda a 18.07.2017 às 15:19

Ainda bem que assim é (Portugal estar mais tolerante)

De Fernando Lopes a 18.07.2017 às 18:23

Gábi, então para as novas gerações é absolutamente irrelevante. Já aqui discorri, que pais, escolas e sociedade em geral estão a fazer um excelente trabalho com os mais novos. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    São mauzinhos, é verdade. Mas a Madonna ou qualque...

  • Fernando Lopes

    Ah pois é, mas fazer um lifting é o contrário de n...

  • Gaffe

    Repare na esmagadora maioria dos pivots. O que esp...

  • Genny

    Coloca paroquial nisso! Mil vezes pior que o desta...