Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Morte na parede.

por Fernando Lopes, 13 Jul 17

agramonte.jpgNas redondezas de Agramonte, Porto

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 comentários

De Fernando Lopes a 16.07.2017 às 23:42

O facto de depositarem o cravo é perfeitamente compreensível, só e apenas pela simbologia. 


___________________________
Olha lá, tu queres ser «cromada» ou queres que façam um caldo com os teus restos mortais? 

De alexandra g. a 16.07.2017 às 23:54

Sim, o amigo do meu pai não sabia desta distância que o meu pai nutria pelas flores nos funerais, sei disso, foi assunto que se limitou às paredes entre portas. Por isso não falei, naquele momento, e nem sequer fui retirar-lhe o cravo das mãos.


_________
Bom, para ser franca, quero que nos reencontremos todos, lá para Setembro, que as tascas, bem as escuto, clamam por nós: - olh'á petinga! o copinho de tinto! a salsa picadinha sobre o polvo!


:P

De Fernando Lopes a 17.07.2017 às 18:54

Tascas aqui vamos nós.

De alexandra g. a 18.07.2017 às 00:23

oh yeah, we shall! 



etc. :)

De Fernando Lopes a 18.07.2017 às 18:25

Com moderação para não arruinar a minha dieta. 

De alexandra g. a 19.07.2017 às 01:34

piegas: bejecas e peixinho não engordam ninguém, muito menos a boa conversa e a gargalhada

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Só queria um cartão do banco de esperma.Filipe que...

  • Fernando Lopes

    Minha querida, sou de letras. Tudo o que passe de ...

  • Fernando Lopes

    Não seja gabarolas que não te fica bem, amigo. ;)F...

  • redonda

    não estaremos a esquecer os divertidíssimos exercí...