Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fuck Buddies.

por Fernando Lopes, 22 Jun 16

Um amigo, relativamente bem-parecido, profissional de sucesso, e que à morte dos pais herdou uma fortuna que lhe permitiria passar o resto dos seus dias a tocar viola, quis falar comigo. O problema é que mantém uma relação sexual ocasional com uma rapariga. Ela quer apresentar-lhe as amigas, frequentar restaurantes da moda, algo que se assemelha a esboço de compromisso. Estava aflito porque não tinha coragem para lhe explicar que não eram nem nunca seriam mais que fuck buddies, que uma relação minimamente séria não lhe interessava. Não pude deixar de soltar uma gargalhada perante tão pungente drama. Como me conhece bem sabe que pertenço aos 0,1% dos machos que não concebe sexo sem romance, que nunca fodeu ou foi fodido por mulher por quem não estivesse profundamente apaixonado.

 

- Se o que queres é tão simples quanto foder, contrata uma profissional. Por 200 ou 300 euros – uma insignificância para ti – consegues obter rosto e corpo de sonho, preencherá todos os teus desejos e fantasias, no questions asked, não terás de a convidar para jantar, conhecer as amigas ou pais, dizer que a amas. Lembra-te que, divorciado e sem filhos, com a massa que tens, preenches as fantasias de uma imensa maioria de solteironas e divorciadas que por aí andam. Transformaste-te num tipo altamente casável, o melhor é evitares relações com quem não te interessa nada mais senão foder.

 

Vou mudar de carreira para consultor sentimental, acho que me safo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

20 comentários

De alexandra g. a 22.06.2016 às 19:57

ora aí está uma carreira que eu jamais poderia seguir, sou uma pessoa que se baba muito e depois pareceria mal :)

De Fernando Lopes a 22.06.2016 às 20:04

Não é nenhum deus grego, é só um tipo porreiro com excesso de liquidez. :)

De alexandra g. a 22.06.2016 às 20:09

De acordo com o perfil que lhe traçaste parece-me até ligeiramente oportunista & egoísta, resguardando-se da paixão (alheia) enquanto dela usufrui.


Não seria espécime pelo qual me babasse :)

De Fernando Lopes a 22.06.2016 às 20:10

Pelo que lhe conheço não prometeu nada. Já agora, também pertences ao género dos romanticus apravalhadus

De alexandra g. a 22.06.2016 às 20:18

Moduladamente (isto diz-se? :)

Com o tempo fui mudando, antes de mais tem sempre que existir aquele química inescapável, o ritual de sedução, a conversa e o silêncio, alguma distância. Não sei se serei (ainda) uma romanticus apravalhadus :) pois aprendi a triar, a filtrar certos elementos que transformam a relação numa virose e não me apetece exactamente adoecer, antes a alegria solta :)


Quando me apaixono preciso de cuidados, conheço-me bem, ou melhor, muito melhor, hoje em dia.

De miss X a 22.06.2016 às 20:24

Oh, Fernando, agora a sério: abra aqui um consultório sentimental. Acho que o Fernando é um excelente conselheiro (sem ironias).

De Fernando Lopes a 22.06.2016 às 20:49

Se algum dia tiveres problemas, o dr. Fernando aconselha-te com a sua modesta opinião completamente de borla. :) 


Abraço.

De Pseudo a 22.06.2016 às 20:53

Lá tens tu que abrir mais uma secção ali no topo, somente para este efeito Image

De Fernando Lopes a 22.06.2016 às 21:40

Ainda não sei o que hei-de fazer com a «morta» e já me estão a pedir nova secção. Oh Bracara Augusta, eu trabalho, pá.
Image


De Pseudo a 22.06.2016 às 21:43

Já alguém referiu que jamais deverás atender aos pedidos solicitados pel@s leitor@s.Image

De alexandra g. a 23.06.2016 às 01:18

pseudo's right! 


moi, por exemplo :)

De Fernando Lopes a 23.06.2016 às 13:04

Acatarei com gosto a vossa indicação.

De Anónimo a 23.06.2016 às 10:42

A foda paga está cara comó caralho!
Filipe em modo lupanar

De Fernando Lopes a 23.06.2016 às 13:05

Estamos a falar de segmento premium meu caro.

De Anónimo a 23.06.2016 às 12:52

0,1% dos machos?!
Uma estatística diabólica! Que percentagem imagina para as mulheres?
~CC~

De Fernando Lopes a 23.06.2016 às 13:03

É uma hipérbole estatística, minha cara. ;)

De Genny a 23.06.2016 às 13:54


Boa tarde, Fernando!


Image para onde enviamos os nossos problemas?

De Fernando Lopes a 23.06.2016 às 14:10

Usa o envelope ali no topo da página.

De redonda a 23.06.2016 às 16:14

antes, eu estava convencidíssima que sim, até me preparava para entrar em confidências aqui em comentários e pedir conselho, mas depois deste post comecei a ter sérias dúvida, mas que conselho é este? 
O que se impunha era ter-lhe tido que o amor é lindo!!!
Que ele devia começar a fazer todas as vontades da jovem com quem anda, conhecer-lhe as amigas, ir aos restaurantes, casar e arranjar uns bebés! (por essa ordem ou pela ordem que eles quisessem)

De Fernando Lopes a 23.06.2016 às 18:01

Com um casamento falhado, o meu amigo tende mais a ser cínico que romântico. Compreensível. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback