Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fazer dançar as palavras.

por Fernando Lopes, 7 Out 15

A minha adolescência e juventude, entre os finais dos anos 70 até meados de 80, era relativamente escassa em oferta musical. À parte grandes bandas e clássicos como Led Zeppellin, Deep Purple, Pink Floyd, Genesis e algumas outras, cresci entre o hard rock e a música popular alternativa.

 

No início dos anos 80 era – ainda sou – fã incondicional de Siouxie and the Banshees, U2, Echo & The Bunnymen, The The, Waterboys, e por aí fora. Tenho um ouvido formatado para a música popular anglo-saxónica.

 

Em português oiço com o mesmo prazer de ontem Variações ou Sétima Legião. Tirando Chico Buarque, a música brasileira raramente me entusiasma. Não sendo fã de RAP ou hip hop, dá-me sempre imenso prazer cruzar-me com Gabriel, o Pensador.

 

Hoje ouvi pela primeira vez uma música que faz com uma banda pop, os D.A.M.A. Só pensei uma coisa, o brazuca humilha os miúdos portugueses com a musicalidade que imprime. Não canta, põe as palavras a dançar, um talento que é só dele. Estas parcerias podem funcionar comercialmente, mas no fim tens a sensação que um anão quis emparceirar com um gigante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

  • alexandra g.

    Uma bela albina, poderia ser gémea da gata da minh...

  • Fernando Lopes

    Tu és de pouco alimento, a despesa suporta-se bem....

  • Anónimo

    Com a poupança que tens tido nos almoços comigo e ...