Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ET na TV.

por Fernando Lopes, 17 Jun 14

Por motivos de marketing, a tasca onde costumo tomar o pequeno-almoço comprou uma televisão, mundial de futebol oblige. Nunca vejo TV de manhã por dois motivos: o laboral, e também porque, tendendo a depressões, daria um passo enorme no caminho do suicídio. São 8:45 e uma senhora com um capacete na cabeça de fazer corar de humildade o cabelo da dra. Manuela Ferreira Leite, atira com umas gigantescas cartas de tarot. Embora actualmente sejam proibidas piadas com cegos, dizia que são tão grandes que até um ceguinho as veria. Faz a «leitura oracular» de um modo frenético, como se estivesse na contagem decrescente para um lançamento em Cabo Canaveral. Termina cada frase com um expressivo «tá, querida?».

 

No rodapé televisivo anuncia-se uma qualquer jóia para os afastar os ciúmes. Vem depois uma entrevista, ao que entendo sobre os mesmos. Tudo seria normal se os transeuntes instigados a opinar não fossem todos do segmento 70+. Gostava de uma coisa mais transversal, já que não acredito que a suspeita de infidelidade do parceiro seja o maior problema dos septuagenários. Vim o caminho a meditar como deve ser difícil a vida dos velhos. Além das dificuldades da idade, da solidão, ainda têm de aturar este pensamento instalado que acha que idoso é sinónimo de idiota. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

9 comentários

De Alice Alfazema a 17.06.2014 às 20:03

também me parece que esse não seja o grande problema dos 70+.

Boa crónica! Será que vamos continuar a pensar assim quando chegarmos aos 70+? (não te enerves é só uma perguntinha)

De Fernando Lopes a 17.06.2014 às 20:50

Apesar das limitações, temos pessoas de idade em grande forma intelectual. Se pensares bem, os 70 de hoje são iguais aos 60 de há três décadas atrás. Aos 70 vamos dizer (um rapaz ou rapariga) da minha idade.

De Efeminúsculo a 17.06.2014 às 21:12

Excelente post, Fernando! Essas "vendedoras" de felicidade através de canais secretos e privilegiados (suspeitos) ligados com o mundo superior, médio, ou inferior sei lá qual é o "mundo" delas só me dão cócegas. De alergia mesmo! Enfim é a televisão que temos e se fosse só isto. Vá, lá esta penso que não dá diagnósticos em "consultas ao domicílio" como fazia a Maia (não abelha) que até se alongava nas cirurgias ou problemas graves (que as pessoas tontas) chegavam a perguntar-lhe se ficariam curada ou iria correr bem. Ai, Ai! Aquele cabelo deve ter levado horas a compor para cada fio ficar onde devia. E os rios de fixador? Uma excelente noite e um bom resto de semana para todos

De Fernando Lopes a 17.06.2014 às 22:09

A indústria da adivinhação sempre foi proveitosa. A sua procura acentua-se com a solidão, perda de valores e angústia colectiva que vivemos. Podíamos era ter umas pitonisas mais sexy. ;)

De aurora a 17.06.2014 às 22:19


Abraço.

De Fernando Lopes a 17.06.2014 às 22:36

Bom vê-la por aqui, minha cara.

De Alice Alfazema a 18.06.2014 às 10:32

Gostei!

Mas não tenho acesso aos "bonequinhos" do sapo.

De Fernando Lopes a 18.06.2014 às 19:00

Um lapso já suprido por este seu criado, cara Alice.
Image

De Alice Alfazema a 18.06.2014 às 20:53

Image

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Um facto alegre, não deve cegar para os problemas ...

  • Anónimo

    Um desabafo triste num dia que, para mim também, d...

  • Fernando Lopes

    Obrigado, Henedina. Reúno uma qualidade essencial ...

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!