Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escritor fantasma.

por Fernando Lopes, 18 Jun 14

Hoje em dia não há bicho-careta que não dê em escritor. Desde apresentadoras de televisão que criam romances, a doentes terminais a debitar lições de vida, matronas que reproduzem com brio as receitas da avó, até uns jornalistas pândegos que produzem humorados manuais sobre parentalidade. Não sei quantos escritores fantasma existem por aí, a alugar pena e engenho a quem deles necessite. Na livraria folheei páginas de obra de vedeta televisiva e ganhei uma certeza: quem tem verdadeiro talento jamais se confinará à penumbra de ghost-writer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

6 comentários

De Efeminúsculo a 18.06.2014 às 23:20

Palmas! Muitas e de pé!!! Resto de boa semana Fernando. 

De Fernando Lopes a 18.06.2014 às 23:58

Não digo a «autora» porque não compactuo com falsidades. Cinco páginas lidas; é uma prosa arranjadinha, pontuação bem colocada, de profissional competente, mas em que brilho, alma, coração, são totalmente inexistentes.

De Carla a 18.06.2014 às 23:52

Eh lá! Esta lipoaspiração ficou muito maneira!! (;




Agora, o post: bem, nunca li nenhum livro do jornalista pândego, porém, a julgar pelo blogue que escreve e eu sigo, não me parece que precise de ajudas para dizer o que pensa.

De Fernando Lopes a 19.06.2014 às 00:06

Estás a falar de um senhor de face neoliberal, que padece de dislalia, famoso pog apageceg na tegevisão? Não ega nesse que estava a pensag, mas já te tgazes isso a talho de foice... 

De pimentaeouro a 27.06.2014 às 00:15

Também há uma fauna de «autores» que encomendam a escrita do livro a terceiros.

De Fernando Lopes a 27.06.2014 às 01:13

Era a essas vedetas televisivas de prosa encomendada a que me referia. Em Espanha chamam-lhe «los negros».

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!

  • Henedina

    Então parabéns...por ter lavado as cuecas, claro ;...

  • bokeh

    pois conheço....devo-me ter distraído com a jane b...

  • Fernando Lopes

    Lavei-as com grande dignidade, de saia curta e a c...