Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o cuzinho lavado com água de malvas, querem?

por Fernando Lopes, 29 Jul 14

 

Antigamente as bicicletas eram coisa de pobre, de operário da construção civil, sobretudo. Os que andavam a pedal ambicionavam conduzir uma V5 ou Zundapp. Depois os ciclistas viraram moda. Passou a ser hype andar por aí a passear com bicicletas de milhares de euros, armado em urbano-chique-ecologista-preocupado-com-a-forma-física.

 

Tenho por princípio respeitar as opções de cada um. Mas os ciclistas que por aí circulam são umas bestas idênticas aos automobilistas. Descem ruas em declive a velocidades alucinantes, não param nos vermelhos, andam pelos passeios a toda a brida. Há-os cumpridores e urbanos, mas são, também eles, uma minoria.

 

Todos os dias me cruzo com alguns espécimenes da moda, que se fazem acompanhar de uma câmara Go-Pro colocada junto ao capacete. Não entendi ainda se é para filmar manobras radicais – que é ao que se destinam as Go-Pro – se para prova de algum acidente ou pela ostentação de trazer mais 300 € presos ao quico. Agora querem que a culpa em caso de acidente seja sempre dos automobilistas. A tentativa de desresponsabilização chega a este ponto patético. E o cuzinho lavado com água de malvas, querem? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15 comentários

De Efeminúsculo a 29.07.2014 às 20:43

Assino, por baixo! Carimbo e mando reconhecer pelo notário. Vão mas é ver se chove, o que este Verão, não é difícil Image Uma excelente noite e um bom dia de amanhã, já agora... Bom resto de semana!

De Fernando Lopes a 29.07.2014 às 21:04

Além do mais é um atestado de menoridade aos ciclistas, passado pelas suas «associações».


Abraço.

De Ana A. a 29.07.2014 às 21:45

Eu gosto é quando as explicações são: "pelo facto de ser essa a legislação adoptada noutros países...". Não há dúvida que é muito convincente! A menos que queiram penalizar de tal forma os motorizados que os obriguem a adoptar a bicicleta ou a trotinete ou os patins... :)

De Fernando Lopes a 29.07.2014 às 22:21

Eu também gostava de ter o padrão de educação europeu, salário europeu, escolas e hospitais europeus, em vez de estar num país que é o Marrocos da Europa ou a Suiça do Norte de África, já nem sei bem. 


Abraço.
P.S. - Já tinha saudades dos seus comentários.  

De aurora a 29.07.2014 às 22:30

Portugal República das Bananas
Se fosse mais nova punha-me a milhas. 
Abraço

De Fernando Lopes a 29.07.2014 às 22:49

Estou tão feliz. As minhas Marias da Fonte voltaram em força.Image


Abraço.

De Cenourita a 29.07.2014 às 23:30

É isso tudo e mais o i-coiso agarrado ao braço a contar distância percorrida, calorias dispendidas, duração do percurso e mais uma tonelada de malvas! Sim, para lhes lavar o orifício, a esses das associações...

De Fernando Lopes a 30.07.2014 às 01:02

i-coiso é um conceito muito bom.
Image

De Sandra a 30.07.2014 às 09:31

Adorei o i-coiso!! LOL

De Fernando Lopes a 30.07.2014 às 19:03

Image

De de um cidadão que pedala por opção a 30.07.2014 às 09:48

Mau jornalismo da notícia da Lusa. Meros artigos de desinformação, repetidos pelos jornais todos, sobre seguros e bicicletas, com citações incompletas ou fora de contexto, com um título cuja intenção não foi mais do que exaltar ânimos e criar má vontade em relação a quem circula de bicicleta. Recomendo a leitura destes esclarecimentos, da MUBI e da FPCUB.

http://mubi.pt/2014/07/29/seguros-e-utentes-vulneraveis-o-que-defende-realmente-a-mubi/ (http://mubi.pt/2014/07/29/seguros-e-utentes-vulneraveis-o-que-defende-realmente-a-mubi/)

 

http://www.fpcub.pt/2014/07/nota-de-imprensa (http://www.fpcub.pt/2014/07/nota-de-imprensa)



De Fernando Lopes a 30.07.2014 às 10:10

Obrigado pelo seu feedback. Irei ler com cuidado. Do meu post é óbvio que não tomo a nuvem por Juno, apenas refiro a excepcionalidade de que seriam alvo os ciclistas face à lei.

De Fernando Lopes a 30.07.2014 às 23:19

Depois de ler o comunicado atentamente, continuo a discordar com o «Principio da Responsabilidade Objectiva». Inferioriza os cidadãos «motorizados» face aos ciclistas e outros, como se os segundos fossem uma rara espécie protegida. Aliás, no ponto 1. «Garante a indemnização imediata das vítimas», isto é, parte do princípio de culpabilização e vitimização de uma das partes. Além do mais o princípio é contrário à Constituição da República (tratamento diferenciado dos cidadãos) e do Direito português (presunção de inocência). 

De Tchica a 31.07.2014 às 10:56

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4056242&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+DN-Portugal+(DN+-+Portugal)


e o javali teria seguro? ou chapa de matrícula? 

De Fernando Lopes a 31.07.2014 às 12:20

Quem tem um carro do preço de um apartamento também deve ter seguro contra todos os riscos. ;) De qualquer forma, a responsabilidade de animais na auto-estrada deve ser sempre da Brisa, penso eu de que...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Filipe, estou em dívida contigo. A vida não tem es...

  • Anónimo

    Já estava na iminência de pedir à PJ a emissão de ...

  • Fernando Lopes

    Gábi, não sou insensível ao drama da deslocação do...

  • redonda

    eu não vou chamar, nada primeiro porque estou muit...