Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Descubra as diferenças.

por Fernando Lopes, 30 Out 15

Não discutimos Deus e a virtude. Não discutimos a pátria e a sua história. Não discutimos a autoridade e o seu prestígio. Não discutimos a família e a sua moral. Não discutimos a glória do trabalho e o seu dever.

 

António de Oliveira Salazar
 
 Portugal é membro de pleno direito da União Europeia e aderiu desde a primeira hora ao projeto da moeda única. Exige-se ao Governo que agora toma posse que respeite as regras europeias de disciplina orçamental aplicáveis aos países da Zona Euro e subscritos pelo Estado português, nomeadamente o Pacto de Estabilidade e Crescimento, os pacotes legislativos […], o Tratado Orçamental.
[…]De igual modo, devemos manter-nos fiéis aos compromissos que contribuem de forma decisiva para o prestígio de Portugal no mundo, com destaque para a nossa presença no espaço da lusofonia e nas organizações internacionais de defesa e segurança coletiva de que fazemos parte.
ANíbal cavaco silva
 

Quarenta e um anos depois continua a haver coisas que não se podem discutir. Ámen. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

6 comentários

De Ana A. a 30.10.2015 às 22:04

Este só engana quem quer ser enganado, ou então quem é da laia dele.
Deixo-lhe o link abaixo para completar o perfil, o Fernando já deve conhecer, mas fica aqui para avivarmos a memória.

http://tretas.org/CavacoSilva#Ficha_que_preencheu_para_a_PIDE-DGS

Não olhe para a cara dele antes de dormir para não ter pesadelos. :)

De Fernando Lopes a 30.10.2015 às 22:36

Não lhe exijo qualidades anti-fascistas, mas é obrigação de um democrata aceitar discutir o euro, o tratado orçamental, a presença na NATO. Em democracia não pode haver tabus. Esta citação não passa de uma versão modernizada do discurso do Botas. :)


Abraço.

De Luís Coelho a 31.10.2015 às 11:32

Quando falam estes 'patriotas' (que afinal apenas defendem interesses pessoais) lembro-me sempre de Samuel Johnson: "O patriotismo é o último refúgio dos canalhas"

De Fernando Lopes a 31.10.2015 às 11:41

Completamente na mouche, Luís. 

De pimentaeouro a 01.11.2015 às 00:57

É uma chatice, a história está cheia de canalhas.

De Fernando Lopes a 01.11.2015 às 11:41

Ou temos imensos canalhas que procuram o seu lugar na história. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Lembraste-me um spot da infância: É tão giro ter u...

  • Anónimo

    Todos os dias namoro um Mine no quiosque onde comp...

  • Fernando Lopes

    No meu caso é pura nostalgia. Colocávamos uma daqu...

  • Tita Vicente

    Sou bastante mais nova, mas o meu carro de sonho t...