Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contra Os Optimistas.

por Fernando Lopes, 17 Nov 16

ulisses_ja_nao_mora_aqui.JPGJosé Miguel Silva, «Ulisses Já Não Mora Aqui», na Poetria

Autoria e outros dados (tags, etc)

13 comentários

De alexandra g. a 17.11.2016 às 19:00

Um dos meus poetas :)

De Fernando Lopes a 17.11.2016 às 19:16

Sou um homem de prosa, mas não posso deixar de admirar o único livro dele que li, uma reedição deste «Ulisses».

De alexandra g. a 17.11.2016 às 21:57

Também sou mais uma pessoa de prosa, confesso, mas a poesia mais tocante é, definitivamente, de pendor prosaico :)

De Fernando Lopes a 17.11.2016 às 22:19

Para nós, Alexandra. Confesso que muita da poesia me mais não parece que jogos florais de palavras, e, no entanto, há quem lhe descodifique sinais e metáforas que nem me passariam pela cabeça. Gosto da poesia à «Ary dos Santos». Shame on me.

De alexandra g. a 17.11.2016 às 22:26

Nada de shame, Ferdinand :)
A sensibilidade é cousa individual de absoluto respeito, nestas questões das palavras.

_____
E já confessei, há anos, que me derreto com ensaios (de certa forma, e juro que nunca tinha pensado nisto, principalmente em termos comparativos, são provavelmente o que de mais genuíno existe na palavra escrita, com uma condição: nada de questões profissionais/comerciais/carreiristas :)

De Fernando Lopes a 17.11.2016 às 22:29

This is a video response to alexandra g.


https://youtu.be/luNAsr7w_MU

De alexandra g. a 17.11.2016 às 22:33

Talqualmente (raios, que lindo!) :D

De Anónimo a 18.11.2016 às 09:51

Tenho alguns pruridos com a pouca poesia que conheço. No entanto, afundo-me de prazer com a Sophia e o Eugénio. O Herberto é muito hermético e o Pessoa demasiado disperso...
Filipe que não pesca nada de certas merdas

De Fernando Lopes a 18.11.2016 às 18:43

De poesia - e porque não dizê-lo - de prosa, pouco entendo. A minha literatura é das «estórias» e dos sentidos. Momentos sublimes são quando chocas de frente com algo em que nunca tinhas reflectido ou quando te deparas com um momento «já pensei ou senti isto, mas nunca seria capaz de o pôr em palavras».  

De Maria Manel a 18.11.2016 às 17:06

Nem de propósito, pois tinha escolhido este "mote" :

 

Being noticed can be a burden. Jesus got himself crucified because he got himself noticed. So I disappear a lot.” 
 
Bob Dylan (https://www.goodreads.com/author/show/8898.Bob_Dylan)


(sou uma formiga, mal comparada com qualquer dos dois. Mas fica a ideia ... 

Gostei da constatação - é que de vez em quando, a ausência chama-me por um tempo)


Bom fim de semana e bjt

De Fernando Lopes a 18.11.2016 às 18:46

Há quem faça de toda a vida encenação e palco. Como Mr. Zimermman acho que há mais mundo detrás da luzes da ribalta. 

De Anónimo a 18.11.2016 às 19:59

Olhe que algumas das suas fotos são belos poemas.
~CC~

De Fernando Lopes a 18.11.2016 às 20:04

Bondade sua. Apenas fotografo algo que me parece inusitado ou original com um telemóvel velho de 4 anos. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback