Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Paro para abastecer. À minha frente uma senhora procura na carteira – e vocês sabem como são as malas das mulheres – o respectivo cartão de desconto. Comprar seja o que for transformou-se num acto complexo que requer especialização. Aquela senhora encontrou cartões do Ikea, Pingo Doce, Continente, Cortefiel, antes de chegar ao que lhe proporcionava a redução de preço almejada. Dei comigo a pensar que cá em casa também é um pouco assim, temos cartões para tudo e um par de botas. Sei que se podem conseguir benefícios consideráveis, mas a coisa entre talões, promoções e cartões de fidelização é de tal modo complexa que se me falta o empenho. Fui comprar um blazer e trouxe um cartão, no Continente vi uma maquineta que dá cupões de desconto à sorte, comprar não sei o quê traz apensos cinco euros de desconto numa próxima aquisição. Sei que faz parte do marketing, que o objectivo é fazer o consumidor comparar uma série de tretas que não necessita, fazê-lo voltar sempre à loja habitual, mas um dia com tantos cartões e benefícios cruzados, chegar, comprar, e apenas pagar será só para ETs como eu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

20 comentários

De Fernando Lopes a 24.09.2017 às 11:07

Minha querida, sou de letras. Tudo o que passe de simples operações aritméticas básicas é demais para mim. :)

De Sandra F. a 25.09.2017 às 10:38

Eu fugi a sete pés da matemática... e vim parar a um trabalho onde tenho de lidar com números, o dia todo!!! Aqui não existem detectores de fumo, senão passavam o dia todo a apitar!!!

De Fernando Lopes a 25.09.2017 às 12:35

Como te entendo, por aqui é mais ao menos a mesma coisa.

De alexandra g. a 26.09.2017 às 00:30

deixem-se de pieguices, que também aturo os auditores (felizmente, sabem quem fez merda e não limpou o traseiro :))

De Fernando Lopes a 26.09.2017 às 18:50

De alexandra g. a 26.09.2017 às 22:16



wanna cigarette?


i mean it, i really do !

De Fernando Lopes a 26.09.2017 às 22:18

Nada de apelo ao consumo de drogas leves, minha cara. É que nenhum cigarro standard põe aqueles olhinhos ao sapo.



De alexandra g. a 26.09.2017 às 22:21

ai que sôdades de comer e beber e rir contigo (x3)!


tu é que és uma droga 

De Fernando Lopes a 26.09.2017 às 22:39

Ainda havemos de ser muito felizes a esvaziar canecos e dizer disparates. :)

De alexandra g. a 26.09.2017 às 22:41

no doubt 'bout it! :)*

De Sandra F. a 27.09.2017 às 10:46

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback