Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Candidato.

por Fernando Lopes, 17 Mai 14

Estava a discutir com o mano as candidaturas presidenciais. O nosso candidato é António Guterres. É católico q.b. para agradar a algumas franjas da direita, mais suave e mais velho que António Costa de quem se deveriam esperar ambições executivas, à esquerda do PS a sua bonomia é uma mais-valia. Passou pelo poder sem cair no colo do capitalismo como Jorge Coelho. Agarra ainda a franja humanista devido a meritório trabalho social na juventude e como Alto-Comissário da ONU para os refugiados. Todos o imaginamos a chagar suavemente a cabeça a Ban Ki-moon pedindo mais tendas e comida. Um grave problema é a sua pouca intervenção em relação às migrações do norte de África para a Europa. Uma coisa é absolutamente verdadeira; Lampedusa e Ceuta y Melilla são muito mais mediáticas que um milhão de ruandeses, não sendo uns mais merecedores de apoio que outros só porque morrem à nossa porta. Um candidato com enorme transversalidade. A ver vamos como diria o cego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De O Abominável Careca a 17.05.2014 às 21:31

Boas Noites,

A um ano de eleições presidenciais e com os putativos candidatos como são os casos do Prof.Marcelo, António Costa (Ainda por anunciar) e de um qualquer "camarada" do PCP, as alternativas serão múltiplas e variadas para todos os gostos e feitios.
O que neste momento parece-me consensual será não eleger PALHAÇOS que sem sequer o saber o saberem já são múmias políticas.
Embora o ideal seria prescindir dos actuais políticos e respectivas "Rainhas de Inglaterra" que já há muito que não trazem nenhum valor acrescentado ao putrefacto estado democrático!
Que o futuro nos traga algo de substancialmente diferente, abrangente e consensual servindo de alternativa ao marasmo que há mais de quatro décadas nos têm vindo a obrigar a ENGOLIR!!!

Um abraço e bom fim de semana!

De Fernando Lopes a 18.05.2014 às 21:25

António Guterres não é propriamente excitante, mas face às alternativas...

De pimentaeouro a 19.05.2014 às 21:05

É tudo verdade mas não lhe perdoo ter ido embora sem bater com a porta e denunciado o pântano , não todo, seria pedir demais.
Cumprimentos.

De Fernando Lopes a 19.05.2014 às 21:40

Também me parece um paradoxo querer estar na política e não assumir que se faz parte do «pântano». Há muito que a política se transformou num local a evitar para as pessoas de bem.

Abraço.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Um facto alegre, não deve cegar para os problemas ...

  • Anónimo

    Um desabafo triste num dia que, para mim também, d...

  • Fernando Lopes

    Obrigado, Henedina. Reúno uma qualidade essencial ...

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!