Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Atirei o pau ao gato.

por Fernando Lopes, 25 Mai 15

Os mesmos que se indignam com o exercício de física em que o Diogo larga um gato pela janela do seu quarto a 5 metros do solo – um modesto segundo andar, portanto – há 10 anos achavam imensa gracinha ao Dioginho a cantar: «Atirei o pau ao gato, to, to ….» A pedagogia e o respeito pelos animais vêm desde o berço, ó indignados de merda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

15 comentários

De Carla a 25.05.2015 às 22:12

O menino não pode dizer «merda», é «cocó». «Indignados do cocó», ai!




:D

De Fernando Lopes a 25.05.2015 às 22:22

Eu, que gosto, respeito, e tive animais grande parte da minha vida, não posso com o fundamentalismo à PETA. O exemplo é só infeliz, mais nada. E posso dizer o que eu quiser, sou um merdas da classe média, terceiro de uma geração de escriturários. Os tesos e simples gozam destas liberdades. ;)

De Carla a 25.05.2015 às 22:54

O menino vai levar um recadinho na caderneta, não tarda! Humf!




Sabes que te digo com sinceridade? Se as pessoas tivessem realmente com que ocupar a cabeça e não se tivessem endividado para comprar telemóveis espertalhões, nada disto acontecia.

De Fernando Lopes a 25.05.2015 às 23:16

Leiam, leiam muito. Falem com as pessoas em vez de as ver pela televisão, distribuam beijos e afectos e tudo parecerá um pouco melhor.


Fernando Lopes - Filósofo desconhecido, séc. XXI :))

De bloga-mos a 26.05.2015 às 07:29

Já ouvi falar nesse Senhor Nando...

De Fernando Lopes a 26.05.2015 às 07:52

Mas tu és de um cultura enciclopédica...

De Corvo a 26.05.2015 às 11:07

Pois lá está. São essas estranhas incongruências da humanidade que por vezes, muitas, me fazem quedar como um desses filósofos bêbedo, alto, magro, doente e pálido meditando nas tristes vicissitudes da existência, encarando o mundo como se daí já nada haja a aproveitar, ou não valha a pena.

( Corvo, membro do filósofos desconhecidos do século XXI )
Abraço!

De Fernando Lopes a 26.05.2015 às 12:07

Lamentavelmente, Schopenhauer já fez muito melhor do que algum de nós poderá alguma vez almejar. "Não há nada de novo debaixo do sol" ;)

De Sandra a 26.05.2015 às 12:11

O meu filho chegou a cantar essa canção da creche, mas com uma alteração final politicamente correcta: "Não se atira o pau ao gato-to, porque isso-sso não se faz-faz-faz/O gatinho-nho-nho é nosso amigo-go-go, não se devem maltratar os animais, jamais!!!" Mas, no entanto, dou com ele a matar abelhas com as mãos... Não sei se deva ficar preocupada!! :)

De Fernando Lopes a 26.05.2015 às 12:45

Não conhecia essa versão. Se o puto mata abelhas com as mãos, não será de o pôr desde já numa escola de faquires? :)))

De Sandra a 27.05.2015 às 15:44

Na opinião da educadora era enfiá-lo já numa instituição porque ele representa um perigo para ele próprio!! A do pai é igual à sua: vai ser faquir e ponto! A do pediatra é que devemos ter calma e deixá-lo ser criança porque ele tem de aprender à sua própria custa - quando as abelhas o ferrarem a primeira vez, ele dá conta!! A minha: o puto é inteligente, mas eu cá gostava era que ele fosse esperto, isso sim! Image

De Fernando Lopes a 27.05.2015 às 18:25

Às tantas o pediatra está cheio de razão. Nunca devemos menosprezar a ciência.
Image

De melguinha2 a 27.05.2015 às 13:28

Sempre gostei dessa musica do atirei o pau ao gato quando era criança e,ainda agora,gosto de a ouvir!!

De Fernando Lopes a 27.05.2015 às 14:18

Não foi isso que te fez maltratar os animais, pois não?

De melguinha2 a 27.05.2015 às 14:19

Então,por quem me tomas????? Nunca na vida eu maltratei um animal e,se deus quiser e me permitir,nunca tratarei mal os animais!! Mas essa musica é muito bonita,pelo menos,eu acho que sim!! Beijinhos e fica bem!!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback