Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Até que a teta da vaca seque.

por Fernando Lopes, 8 Dez 16

vaimaisum.jpgRua de Passos Manuel, Porto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

7 comentários

De Alice Alfazema a 08.12.2016 às 21:14

São os hotéis e os supermercados, nascem como cogumelos, aqui ao pé de mim estão a nascer mais dois, não sei como aquilo vai dar lucro, só à custa de muita exploração, não vejo outra explicação, ou num novo conceito talvez venham a abrir durante a noite.   

De Fernando Lopes a 08.12.2016 às 21:21

Seria bom se correspondesse a um restauro criterioso. As mais das vezes manda-se tudo abaixo menos a fachada. Um edifício é a história de uma época, de como se se vivia nesse tempo, de quem o habitou e construiu. Esta coisa de manter só as fachadas - como está a acontecer com um antigo café perto de Sampaio Bruno - é a perversão do que a arquitectura deveria ser; reabilitar, reabilitar, reabilitar. Já chama a esta nova praga «fachadismo». 

De Fernando Lopes a 08.12.2016 às 21:33

O café de que te falo é «A Brasileira», que esteve ao abandono, roubaram espelhos, portas puxadores, lustres. Agora é mais um exemplo do nacional-parolismo, restará apenas a fachada. 

De Anónimo a 09.12.2016 às 11:47

Andaste pelo meu habitat  e não disseste nada, meu caralhete? Havia uma dúzia de azulejos para roubar numa merda que se prepara para ser uma casa de putas gourmet.
Filipe ai ai ai a minha vida

De Fernando Lopes a 09.12.2016 às 12:09

Fui ao circo. Acrescento que teve drama, um dos equilibristas magoou-se à séria, saindo em maca. As crianças numa aflição e os adultos feitos parvos, sem saber da gravidade, a tentar aclamá-las.

De luisa a 10.12.2016 às 10:07

gostei dos pe

De Fernando Lopes a 10.12.2016 às 11:21

Desculpe Luísa, mas não entendi. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback