Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As mulheres dos Camilos.

por Fernando Lopes, 6 Jul 16

Camilo-e-Paula-Marcelo-800x450.jpg

 

Se num exercício isento de hipocrisia, analisarmos as relações entre casais com grandes diferenças de idade, restar-nos-á sempre um esgar no canto da boca e sorriso cínico. Foi assim com a Duquesa de Alba e o seu funcionário público, Pinto da Costa e Fernanda, Camilo e Paula Marcelo. Inevitavelmente pensamos que a parte mais jovem do casal se interessa pela fortuna e prestígio do mais velho, não pela pessoa em si. Será verdadeiro em muitos casos, somos confrontados com o nosso juízo apressado em outros tantos. Não deixamos de sorrir cinicamente quando Camilo se casou com uma mulher que teria idade para ser sua neta. Dezenas de anos depois permaneceu a seu lado, cuidando-o até à morte. Se isto não é amor, não sei o que o será. A todas as mulheres e homens de Camilo(as), o meu respeito e admiração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

12 comentários

De alexandra g. a 06.07.2016 às 21:27

É tão diferente, mas tão igual, quanto qualquer outra atracção. Falo por mim, que aos 20 tive um amante de 40 e posso assegurar que não me interessava patavina o lugar que ocupava na universidade, antes a cultura, muito vasta, as ideias, a experiência da troca entre ambos :)

O teu post é muito, muito generoso.

De Fernando Lopes a 06.07.2016 às 22:07

A generosidade não é minha, é desses homens e mulheres que de dedicam a alguém ignorando convenções, más-línguas, e mostram diariamente que o amor é mais complexo, abrangente, e se apresenta de mais formas que as que chegam ao entendimento de alguém tão simples como eu. 

De alexandra g. a 06.07.2016 às 23:32

Belmondo :)


somos todos simples, foi o que aprendi com a minha experiência, aos 20 anos...

De Gaffe a 07.07.2016 às 10:08

Deixe que lhe conte uma história.
Quando Jorge Luís Borges, já doente e de cadeiras de rodas, saiu do aeroporto acompanhado pela sua jovem e deslumbrante mulher, perguntaram-lhe porque se tinham casado - provavelmente um repórter do CM .
O escritor respondeu:
- Eu, por amor. Ela por dinheiro. 
Esta consciência vale ouro e apaixona uma mulher.


De Fernando Lopes a 07.07.2016 às 10:35

A inteligência é sempre a forma mais sofisticada de sedução, não acha?

De Gaffe a 07.07.2016 às 11:01

Há outra?!?!?

De Anónimo a 07.07.2016 às 11:44

O riso e o choro em doses equilibradas apaixonam-me com grande facilidade.
Filipe em modo de cenas...

De Fernando Lopes a 07.07.2016 às 18:52

Então não digas a ninguém que as nossas sessões gastronómicas têm sido regadas a baba, lágrimas, inquietude, e alguma raiva. 

De Pseudo a 07.07.2016 às 20:11

Adorava espiar estes vossos momentos masculinos entre ti e o "Mano", Fernando! :P

De Fernando Lopes a 07.07.2016 às 23:45

Estás convidada, faz falta perfume feminino nos nossos momentos. :)

De pimentaeouro a 12.07.2016 às 23:18

Costa que não era flor que se cheirasse.

De Fernando Lopes a 14.07.2016 às 19:11

Todos nós temos momentos em que fedemos, João, e não são assim tão poucos. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback