Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Anjos improváveis.

por Fernando Lopes, 14 Jul 16

Às vezes deparas-te com uma encruzilhada. Hesitas, não sabes se deves avançar, recuar, ou simplesmente ficar quieto. Baloiças em corda bamba, funambulista a milímetro do abismo ou glória. As pernas tremem-te, com elas o arame que te equilibra baloiça perigosamente. Alguém, com toda a calma do mundo, questiona-te, e sem esse intuito, faz-te ver o caminho a seguir. Renovado, respiras de alívio. Não acredito em anjos, mas há-os por aí, sem que te apercebas caminham a teu lado, são teus amigos, gostam de ti. Talvez ser anjo seja apenas isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

5 comentários

De Anónimo a 15.07.2016 às 10:42

Os anjos não merecem outra coisa naquela cena de se armarem em parvinhos opinadores que seja um abraço de fracturar costelas flutuantes ou afins.
Filipe que nada percebe de anatomia e muito menos de ananomia...

De Fernando Lopes a 15.07.2016 às 12:45

Os meus anjos e anjas insistem em me proteger. Devo ter feito alguma coisa de bom numa vida passada. :)

De alexandra g. a 15.07.2016 às 17:08

Sendo o ateu que és, obviamente só poderias estar a falar de amigos e amigas :)


Creio que o espírito independente que vais mostrando invalidam qualquer estória de vidas passadas, que esta é a que mais interessa e, de resto, a única que conheces, caro Belmondo de todos nós :)

De Fernando Lopes a 15.07.2016 às 19:12

Mesmo sendo ateu, acho que há coisas intangíveis como afecto e amizade que exercem influência positiva sobre nós. Como se o amor fraternal e outro pudessem de alguma ajudar-te em decisões difíceis. 

De alexandra g. a 15.07.2016 às 19:16

Mas claro, não fora isso, nos outros e em nós, que mais nos restaria, de onde saberíamos isto de sermos humanos? De podermos, por essa mesma razão, levitar, ter asas? :)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Se fores à Manta Rota leva um cabaz de tabefes.Fil...

  • Fernando Lopes

    Caracóis só do mar ... búzios. Antes comiam-se na ...

  • Fernando Lopes

    Obrigado, e que o trambolho esteja bem longe.

  • Anónimo

    Uns caracolitos regados com uma loirinha cheia de ...