Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ai, as vertigens.

por Fernando Lopes, 20 Ago 15

6840365-base-jumping-hd-wallpaper.jpg Basicamente, era isto 24 sobre 24

 

Tenho andado calado porque me foi diagnosticado síndroma vertiginoso. Eu achava que as vertigens eram coisas de tias afectadas ou daqueles rapazes que se mandam monte abaixo com uns fatos térmicos e um pequeno pára-quedas nas costas, o base jumping.

 

Involuntariamente tornei-me praticante de modalidade similar mas com menos riscos, o mais que podia era partir uma unha, ou vá lá, na pior da hipóteses, rachar a cabeça. Como já aqui tinha escrito, no primeiro dia foi divertido, no segundo enjoei, no terceiro comecei a ficar preocupado.

 

Fui ao médico, fiz exames ao coração, TAC, análises ao sangue, electrocardiograma, otorrino e saí de lá com um «não sei o que é, o melhor é consultar um especialista em medicina interna». Ora eu julgava que medicina interna tinha a ver com interiores. Nada mais errado, é um médico que faz uma abordagem integrada das patologias, um equivalente ao João Sabichão da medicina.

 

Com uns comprimidos fiquei muito melhor, já consigo caminhar sem me parecer que bebi cinco cervejas de seguida. É uma lição de humildade para este velho macho latino com a mania que as vertigens eram coisa sem importância. O desconforto e incapacidade temporária que me causaram vão fazer com que nunca mais encare tal estado com a sobranceria habitual. Vivendo e aprendendo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

8 comentários

De Xs a 21.08.2015 às 10:05

Síndroma vertiginoso?!
Nunca tinha ouvido falar!
Mas 5 cervejas é dose! :P

De Fernando Lopes a 21.08.2015 às 10:47

É mais ao menos como estar permanentemente à beira de um precipício. E cinco cervejas é coisa de menino, a cerveja vai para directamente para a bexiga. ;)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback