Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

surf.png

 

Não me incomoda nada que este rapaz bem-apessoado faça publicidade ao detergente Surf. Parece que a roupa fica a cheirar a Primavera e o moço também. É lavar as vistinhas, que para desgraça já basta o que basta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

33 comentários

De Pequeno caso sério a 17.05.2016 às 21:21

Quer apostar que as vendas do detergente vão disparar ? Image

De Fernando Lopes a 17.05.2016 às 21:27

Acho muito bem, também eu sorrio até às orelhas cada vez que vejo a «faneca» da Intimissimi

De Pequeno caso sério a 17.05.2016 às 21:32

"Faneca" ...muito bom! Há anos que não ouvia essa expressão!  Fez-me recordar uma amiga que já não vejo há muito tempo. (recordação boa Image)

De Fernando Lopes a 17.05.2016 às 21:34

Sou um tipo antigo, uso expressões antigas. ;)

De redonda a 17.05.2016 às 22:20

Também não me incomoda nada :)

De Fernando Lopes a 17.05.2016 às 22:54

Como sou uma jóia de pessoa, até te mando um filme com o rapaz. 


http://www.detergentesurf.pt/anuncios-e-videos/Videos/surf_vizinho.aspx

De redonda a 23.05.2016 às 22:50

:)

De alexandra g. a 17.05.2016 às 23:41

Já estava nas Alturas, não?
:)

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 10:57

Claro que sim, mas já não é coisa nova, a publicidade está cheia de "homo-eroticus".

De alexandra g. a 18.05.2016 às 19:08

...era com esse mesmo facto que eu brincava, até pela habitual posição das damas; querendo, ou não, encarar esta (ainda) discrepância, a mulher é, ainda, explorada de forma grotesca (e não será à toa que muitas modelos e actrizes começam a sair da caixa de cosméticos e a revelar a estúpida vida que 'viveram'.)

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 19:33

Obviamente existem muito mais mulheres que homens vítimas desta «exploração de imagem». Quem faz do seu aspecto físico a sua ferramenta de trabalho deve passar por um processo de envelhecimento particularmente doloroso. A rejeição, o és demasiado velho(a) para o nosso objectivo, não deve coisa fácil. Eu, que nos anos 80 fui um pequeno pedaço de mau caminho, conformei-me e aceitei-o filosoficamente, mas, e se disso dependesse a minha subsistência? Foda-se, nem quero pensar no drama. 

De alexandra g. a 18.05.2016 às 19:47

Mas, Fernando, eu falava de modelos que pularam da caixa de cosméticos ali pelos seus 21, 22 anos, começa a acontecer um pouco por todo o lado.
 
No meu caso (tenho 50, já o disse 'n' vezes), aprecio com igual dose de 'solenidade' e alegria a passagem do tempo por mim e por muita gente bem mais avançada no tempo. Quando cheguei a Coimbra, aos 18, espécime totalmente fora dos padrões de beleza tradicionais, recebi o convite de um amigo de um amigo meu para fazer trabalhos de modelo fotográfico, precisamente nessa onda alternativa. Não aceitei, de resto, não suportava o pedantismo intelectualóide daquele grupo. Namorar foi muito melhor e ler os meus livros, também :)


O que é, afinal, um "pedaço de mau caminho", senão a integridade de quem não está disposto a ser do rebanho?

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 20:40

Aquilo deve ser uma forma sofisticada de escravatura, mas quanto mais estiveres enterrado(a) na engrenagem, mais difícil deve ser sair. Mantenho princípio idêntico ao teu, frequentemente a rumar contra o resto da manada. 

De Anónimo a 18.05.2016 às 11:09

A única coisa que despercebo é a possibilidade apresentada de surfar na relva. Mas isto sou eu que ando para lá de néscio.
Filipe recalcitrante

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:46

A erva de um modo geral não dá para surfar, mas conheço gente que lhe dá tão forte que plana... :)

De Sr. Solitário a 18.05.2016 às 15:09

E as vistinhas ficam mesmo bem lavadas!

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:48

Mister, aqui a tasca é libertária e gere-se pelo princípio propalado no PREC «Cada um come daquilo que gosta» GANE (Grupo de Anarquistas e Negócios Escuros). :)

De Sr. Solitário a 18.05.2016 às 18:51

Obrigado. As tuas palavras fazem-me sentir que existem pessoas não homofóbicas. 

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:53

Não tens que agradecer, o respeito pelo outro é a base de uma sociedade civilizada. 

De Maria Manel a 18.05.2016 às 15:20

Os "ILGA" também lavam roupa Image ...

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:49

Bocas homofóbicas, Maria Manuel? Foda-se! O que vale é que sei que não é para levar a sério.

De Maria Manel a 19.05.2016 às 10:16

Parafraseando - "foda-se".
Só estou a constatar a amplitude do público alvo , ou vamos negar o óbvio? Atão?

De Maria Manel a 19.05.2016 às 14:51

P.S - Só agora é que vi o comentário do sr. solitário -peço desculpa.
Até o mestre deste blog sabe que isso não se me aplica, porque pessoas são pessoas e ponto.

De Fernando Lopes a 19.05.2016 às 19:26

Estou farto de saber isso, já não me posso meter contigo?

De Maria Manel a 20.05.2016 às 10:12

Claramente !Image

De Ana Rita 🌼 a 18.05.2016 às 16:10

Ainda hoje comentei este anuncio com o meu moço...pela primeira vez vêmos um homem da "moda" num anuncio de detergentes...não é só lavar a vista a eles...nós é que escolhemos o aroma a jasmim ou a flores do bosque, não é suposto agradarem-nos a nós??

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:51

De detergentes talvez, mas estes rapazes bem parecidos estão-me a entrar em casa a toda a hora só para me mostrar como estou velho e acabado.
Image

De Ana A. a 18.05.2016 às 17:37

O Fernando e os seus temas "fracturantes"... :))

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 18:52

A minha «colaboradora a dias» já me mandou comprar este detergente na esperança que saia um de brinde. 

De Anónimo a 18.05.2016 às 19:58

Com homens ou mulheres, tanto faz. é simplesmente ridículo. Não é por aqui que se caminha para igualdade nenhuma...é como quando as mulheres imitam o pior dos homens e acham que é por aí que se chega à igualdade. Este detergente já não compro!
(é claro que as piadas não têm mal nenhum mas apeteceu-me levar a coisa para o sério).
~CC~ 

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 20:14

Fazes bem, que esta malta, escriba incluído, nunca leva nada a sério, às vezes é preciso alguém que ponha ordem na mesa. :)

De Kikas a 18.05.2016 às 20:37

É o que diz: dá para lavar as vistas! A todos os gostos ;)

De Fernando Lopes a 18.05.2016 às 22:48

A beleza, embora efémera é sempre agradável.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback