Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

um telemóvel vale dezassete facadas?

por Fernando Lopes, 29 Mai 11


Certamente todos se lembrarão da cena de agressão de uma aluna a uma professora, no Liceu Carolina Michaelis. Embora saiba que o telemóvel é um instrumento de comunicação indispensável e um armazém dos segredos dos jovens, as paixões que suscita são para mim completamente "do outro mundo". Adolescentes brutalizam-se por causa do pequeno aparelho. Mas dezassete facadas com um x-acto por causa de um telemóvel roça a loucura. Alguns dos nossos adolescentes, estão a transformar-se em pequenos bandidos. Por muito que me custe, para parar esta espiral de violência, é necessário vigilância parental e mão pesada sobre os agressores. Sobre risco de transformarmos as nossas cidades num sucedâneo dos bairros problemáticos norte americanos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 comentários

De Fenix a 29.05.2011 às 21:05

Fernando

Subscrevo tudo o que diz.

Quanto à vigilância parental, temo que os jovens protagonistas desta violência, devem ser filhos de pessoas que há muito devem ter perdido "o norte"!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 29.05.2011 às 21:37

Ana,

Para mim, e certamente para si, é extremamente doloroso pedir "mão pesada" para adolescentes. Mas se tal não acontecer o sentimento de impunidade é ainda maior. Nunca desejei a criminalização de actos cometidos por jovens, alguns deles mal entrados ma adolescência. As circunstâncias a isso obrigam sobre pena de se instaurar a "lei da selva" com a complacência dos adultos. Mas acredite que escrever isto é para mim dilacerante.

Abraço,
Fernando

De Fernando Lopes a 29.05.2011 às 21:41

Queria dizer "sob pena"

De Fenix a 29.05.2011 às 21:57

Fernando

Concordo com a mão pesada, pois se não tiver efeito corrector, pelo menos pode ser dissuasor!

Entretanto, a sociedade devia interrogar-se porque é que existe esta escalada de violência entre os jovens?

Alguma coisa estaremos a fazer mal! Todos!

Abraço
Ana

De Anónimo a 30.05.2011 às 01:28

Em Mem Martins, aposto o que quiserem que a agressora não era de origem portuguesa nativa... mas sim africana. Essa área de Sintra nem parece mais Portugal e depois é só criminalidade e violência. Enfim, podem agradecer aos irresponsáveis desgovernantes e traidores do pós 25 de abril que escancararam as portas de Portugal aos invasores de africa e agora do brasil. Continuem de olhos bem fechados que qualquer dia Portugal parece um pequeno brasil, um país cheio de africanos e mestiços, ou seja o genocidio de 1 povo e de 1000 anos de identidade. Votarei PNR e bem consciente.
O multiculturalismo falhou em toda a linha

De M Manel a 30.05.2011 às 20:13

Caro anónimo:
É possível que seja assim.
Mas reduzir o problema a uma questão de cor ou etnia é demasiado fácil.
A bitola está muito baixa e para todo o colorido em geral.
Segundo informação circulante, há alguns pontos a reter:

1º A mãe do indivíduo que filmou será profissional de strip tease

2º A garota que apanhou a tareia, ter-lhe-á chamado "puta"

3º As seguidoras do realizador da peça, por alguma razão, acharam que tinham que salvar a honra da senhora e do excelso filho.

4º O telemóvel se calhar foi comprado com o dinheiro de uma qualquer lap dance.

E agora digo:

1º Não gostava que a minha mãe fosse stripper, independentemente da cor, e que eu saiba, não são todas negras nem brasileiras.
Provavelmente o moço que agora está dentro (e muito bem), também não está muito contente e transferiu a raiva para quem pôs o dedo na ferida

2º A miúda agredida tem 13 anos. Se calhar, ainda não sabe que as "strippers" são diferentes das prostitutas - eventualmente

3º O "Lars von Trier" lá do sítio, em vez de embrulhar raparigas para salvarem a honra da mãe, devia andar a fazer qualquer coisa melhor - talvez tentar trabalhar num empregozito -ainda que pouco interessante já ajudava a mãe, que talvez tivesse que fazer menos uns números ...
E se fosse ele a dar um estalo à rapariga, mal, mas tolerava-se. Mas foram as "atacantes" de fila
que seguiram em frente no espancamento

E não o incomoda toda a tolerância que agora é concedida aos maus exemplos da sociedade em geral?

Comece a ser feita justiça a partir de cima e o sentimento de estupidez anti-social e a falta de respeito ao outro poderá começar a ser notada. E se não fossem as redes sociais, muita coisa não seria revelada

De Fernando Lopes a 30.05.2011 às 21:39

Manel,

DNFTT (http://en.wikipedia.org/wiki/Troll_%28Internet%29)

Beijo,
Fernando

De M Manel a 31.05.2011 às 12:21

Ai a minha ignorância em onomatopeias! O que significa DNFTT?

(Dah...)

Bisou

De Fernando Lopes a 31.05.2011 às 12:23

É um link, clica e vê! ;)

De M Manel a 31.05.2011 às 12:28

Já tinha procurado, mas não cheguei lá.

Contudo encontrei "Lewshde - Som típico de babuíno esclerosado"

Vou começar a aplicar este ;-)

Comentar post

Pág. 1/2

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Tenho é que me manter nova:)~CC~

  • Fernando Lopes

    Isto era eu... :)

  • Anónimo

    Venha e será recebida de braços abertos. Vamos com...

  • Anónimo

    Plantei uma árvore, tive uma filha e escrevi um li...