Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vingança do Coelho.

por Fernando Lopes, 7 Jun 13

No Ciberdúvidas refere-se a origem desconhecida da expressão “vingança do chinês”. Apenas uma “vingança prometida e requintada”, em oposição à “vingança do artista”, que define como “não premeditada; pequena vingança”.

 

O momento nocturno do governo é pois uma vingança do “chinês artista”, já que prometida e adiada, com uma selecção sectorial em que os professores teriam um período de pausa até 2014. As retaliações sobre os servidores públicos – prefiro este anglicismo à  designação de funcionário público – só foram proteladas até o governo ver goradas as negociações com o sector da educação.

 

Depois, de cabeça perdida, e numa atitude claramente revanchista, vomita de uma assentada a mobilidade e alargamento do horário de trabalho.

 

Alguém devia dizer a Passos que já tinha perdido o privado (ver os dados de desemprego do 1º trimestre), agora na fúria de miúdo mimado perde o que restava público. É um PM e um governo que cai e na queda tudo arrasta consigo. Ficará na história como o o mais incompetente, mesquinho e vingativo da era da democracia. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De aurora a 07.06.2013 às 20:57

Sãotodosunsgrandessíssimosfilhosdaputa!
Abraço

De Fernando Lopes a 07.06.2013 às 23:09

Aurora, a culpa é da chuva diz o Prof. Gaspar. Toda a gente sabe que a chuva encolhe o crescimento e aumenta o desemprego.

Abraço.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=3262446&page=-1

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback