Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patriótico é não pedir factura.

por Fernando Lopes, 22 Fev 13

Uns engraçadinhos inconsequentes resolveram pedir facturas em nome de Passos Coelho, Relvas e Gaspar. Quanto mais adesão a este protesto, mais receita fiscal. PPC nunca será auditado pelo fisco e Gaspar sorrirá com o montante extra a cair nos longos braços das Finanças. Patriótico é cortar onde lhes dói, no bolso. Patriótico é pôr este governo à míngua de receita. Patriótico é desobedecer, não fazer graçolas. Patriótico é não pedir factura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

4 comentários

De O Abominável Careca a 22.02.2013 às 21:13

Boas,

Amanhã os visados já terão novos NIF e tudo acabará sem que os mesmos sejam prejudicados...Inocentes aqueles que acreditam que posturas destas trarão alguma mossa!
O que me dá algum alento é saber que o fim está próximo embora o dilema é saber o que se seguirá...

Um abraço e bom fim de semana!

De Fernando Lopes a 22.02.2013 às 21:24

Como piada, tudo bem, mas no fim que se fica a rir é o fisco.


Abraço

De aurora a 22.02.2013 às 22:06

A criatividade dos portugas também anda pelas ruas da amargura.Concordo com o o Fernando.O diabo que os carregue!Quando vi o meu recibo de vencimento julguei que me ia dar qualquer coisa...Eu e o marido reformado ficamos em estado de choque. Com o filho desempregado, a vida complica-se.
Abraço

De Fernando Lopes a 22.02.2013 às 22:27

Somos a única nação onde a desobediência civil gera receita para o estado. Quanto aos cortes, cara Aurora, a maior munição ficou para quem tem menor poder reivindicativo: os reformados.

Abraço grande.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback