Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nada.

por Fernando Lopes, 14 Jan 13

Gostava de ser nada. Estou cansado de ser cidadão, contribuinte, eleitor, trabalhador, pai, marido, colega, amigo, leitor, ouvinte, condutor, cliente, irmão, filho, e todos esses papéis ridículos que nos obrigam a assumir neste romance de má qualidade que é vida. Quero ser um zigoto, feliz, quente, ignorante e ignorado, num qualquer ventre materno. Quero olvidar obrigações, deferências e responsabilidades. Sentir nada, a nada ser obrigado. Abstrair-me de emoções, angústias e dúvidas. Nada excepto silêncio e tranquilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

9 comentários

De Ana A. a 14.01.2013 às 11:30

?!...

Zigoto = (e depois? recomeçar?!...)

Há dias assim, quem os nunca teve que atire a 1ª pedra.

Abraço

De Fernando Lopes a 14.01.2013 às 13:22

Nove meses de pausa não seria mau. Só queria regressar a um lugar aconchegado onde nada se passasse. Preciso de parar.

Abraço.

De Daniel Marques a 14.01.2013 às 13:47

Hoje, sinto-me assim. E nem de propósito surge este seu texto.
Ao silêncio e à tranquilidade, junte-se-lhe o calor. Num canto qualquer. Sozinho.

De Fernando Lopes a 14.01.2013 às 14:11

Daniel, além do silêncio, precisava de cair no esquecimento. Nem que fosse temporariamente. Acho que todos temos momentos em que nos apetece simplesmente sair de circulação.

Abraço.

De aurora a 14.01.2013 às 20:52

Caro Fernando
A sua sensibilidade e inteligência vão sacudi-lo desse torpor que de vez em quando aparece para nos f**** os dias e que parece não ter fim.
Abraço
aurora
bibónorte

De Fernando Lopes a 14.01.2013 às 20:58

Aurora é um belo nome!:) Faz lembrar luz, vida, reinício. Tudo o que me falta para alegrar estes dias cinzentos.

Um abraço.

De Uma Rapariga Simples a 17.01.2013 às 11:23

Existir sem ser.
Como me apetecia.

De Fernando Lopes a 17.01.2013 às 13:49

Problemas ontológicos pela manhã? Eu sei, que tu sabes, que nós sabemos .... ;)

De Uma Rapariga Simples a 17.01.2013 às 13:52

Por acaso foi uma coisa que já escrevi na Correspondência Íntima e que me pareceu apropriado. :)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Um facto alegre, não deve cegar para os problemas ...

  • Anónimo

    Um desabafo triste num dia que, para mim também, d...

  • Fernando Lopes

    Obrigado, Henedina. Reúno uma qualidade essencial ...

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!