Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O futuro escreve-se no feminino.

por Fernando Lopes, 25 Dez 12

Passados pouco mais de 2 anos, o purgatório encontra-se exactamente onde o imaginei. Um blogue pequenino mas participado, em que os leitores se sentem à vontade para criticar, partilhar, contra argumentar. Não julgam nem são julgados, dão de coração aberto a sua opinião. É isso que define este espaço onde em mais de 3.500 comentários, apenas tive de apagar um e porque insultava a minha mãe, uma senhora muito séria. Nesta troca de mimos entre mim e os leitores noto que a maioria dos que comentam são mulheres. Portugal sempre foi uma sociedade matriarcal e por muito que o macho latino urre e bata no peito, quem organiza o tecido social são as senhoras. Já era assim no tempo em que o meu bisavô, barbeiro de profissão, emigrou para o Brasil deixando à bisavó a tarefa de tomar conta das terras e dos filhos. Quase duzentos anos depois, esta idiossincrasia bem portuguesa permanece. Um vez defini carinhosamente as leitoras como "as minhas Marias da Fonte". São elas, numa bipolaridade de que só as mulheres são capazes, a frente de resistência ao poder enquanto organizam família e trabalho. São capazes da argumentação mais sofisticada e em simultâneo de um carinho quase maternal. Sem menosprezo para os amigos que por aqui passam, este blogue seria muito mais pobre sem a participação das mulheres. Estou pois cada vez mais seguro que o futuro se escreve no feminino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De bibónorte a 25.12.2012 às 21:28

Obrigada, caro Fernando!
Um miminho destes sabe sempre bem:)
Gosto deste blogue não só pela qualidade da prosa mas também pela inteligência e sensibilidade que o autor deixa transparecer na sua escrita.
Bem haja!

De Fernando Lopes a 25.12.2012 às 22:12

Eu é que agradeço a sua participação . É necessário muita coragem e frontalidade para partilhar as angústias como já o fez por aqui. É de mulher com M grande!!

Abraço.

De Uma Rapariga Simples a 25.12.2012 às 23:03

Eu gosto muito de cá vir, ler e comentar. Sinceramente, não me lembro como cá cheguei, mas achei por bem abancar, pedir um café e tagarelar pela vida. :))

Curiosamente, eu poderia ter escrito este texto, mas ao contrário, já que são maioritariamente os homens que comentam e partilham coisas muito suas, mesmo nos textos mais piegas e a puxar ao dramatismo. São raras as mulheres que se chegam à frente no meu.

Já agora, o meu pai é barbeiro, daqueles à moda antiga, com uma cadeira a condizer. :)

De Fernando Lopes a 26.12.2012 às 00:32

Eu eu gosto muito que cá venhas!:) O espírito é esse mesmo, o das tertúlias de café.

Será que nos sentimos mais à-vontade a partilhar com pessoas de outro sexo? É estranho, pois o género é a minha última preocupação quando partilho ou confidencio algo.

Barbeiro, uma profissão outrora nobre, agora caída nas garras do fisco , hehehe.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!

  • Henedina

    Então parabéns...por ter lavado as cuecas, claro ;...

  • bokeh

    pois conheço....devo-me ter distraído com a jane b...

  • Fernando Lopes

    Lavei-as com grande dignidade, de saia curta e a c...