Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Janela Indiscreta

por Fernando Lopes, 21 Set 12

O trabalho amanuense que me calhou em sorte é o oposto do que sonhei. Monótono, apenas exige boa capacidade de abstracção e conhecimentos de bases de dados. Nada de extraordinário, um pouco triste até. Quando se tem acesso a um enorme repertório de informação sobre pessoas, perdem humanidade. Não me interessam remunerações, idades, estados civis ou habilitações literárias. Basta que tudo bata exacto. Perante tal disponibilidade, além do obrigatório sigilo profissional, a curiosidade morre naturalmente, tal como uma ninfa disponível 24/24h esmoreceria o desejo.

 

Estão vinte pessoas dedicadas a este labor e qualquer quebra na monotonia é motivo de enorme regozijo. Basta uma visita, uma piada bem contada, um breve incidente, para alegrar as hostes.

 

Ontem, na secção da frente, fez-se um súbito silêncio seguido de risadas. Como a anormal alegria se perpetuasse, não resisti a indagar o que se passava. Um jovem casal, certamente de ascendência holandesa, uma vez que não dispunha de cortinas, entregava-se ao amor. Como o prédio onde trabalho é espelhado, sem a percepção de que poderiam ser observados. O sururu foi enorme. Felizes aqueles que se amam, divertem-se e divertem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

2 comentários

De Maria Alfacinha a 21.09.2012 às 12:07

Chamar ao episódio "quebra de rotina"...
Eu aqui só vejo pássaros. E não dá para perceber o que estão a fazer! :-)

De Fernando Lopes a 21.09.2012 às 13:19

Foi muito instrutivo. Aparentemente não existem grandes diferenças entre leitos ao contrário do que tendemos a imaginar.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!

  • Henedina

    Então parabéns...por ter lavado as cuecas, claro ;...

  • bokeh

    pois conheço....devo-me ter distraído com a jane b...

  • Fernando Lopes

    Lavei-as com grande dignidade, de saia curta e a c...