Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A quem se deviam cobrar impostos.

por Fernando Lopes, 5 Out 16

A posta anterior gerou comentários sobre o imposto sobre o tabaco, a futura fax tax, e mais uma série de medidas de merda que não servem para porra nenhuma a não ser coartar a liberdade individual de escolha e o livre arbítrio. Que se fodam o tabaco, a gordura, e o futuro imposto sobre a pinocada em posição não missionária. Este governo das esquerdas – em quem votei – não é nesse aspecto muito diferente do anterior, espreme quem está no meio, deixa à solta os bilionários. Dir-me-ão que taxar que consome mais é uma boa medida. Não creio, porque de tão espremida, dentro em breve não restará classe média para consumir. Não vi nenhuma medida especial para taxar os Amorins, Soares dos Santos, Belmiros desta vida. Esses têm sede fiscal na Holanda, um batalhão de fiscalistas, são geradores de emprego e o caraças. Os 25 mais ricos têm um património de 173 mil milhões de euros, correspondendo a 8,5% da riqueza nacional. É aí que está o dinheiro, só que o governo escolhe o caminho mais fácil de atacar sempre os mesmos, pela simples razão que não se podem defender.

 

Ah os mais ricos geram emprego. Eu explico: soube ontem de uma rapariga que trabalha numa cadeia de lojas do Tio Belmiro. Tem um contrato semanal. Leram bem, semanal. Cada semana assina um novo contrato e vai para uma loja diferente. Isto eleva a um novo nível o conceito de precariedade. Sobre isto o governo não faz um caralho, não tocou nem ao de leve nos grandes interesses. É triste, mas chamar a isto governo de esquerda é risível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Filipe, estou em dívida contigo. A vida não tem es...

  • Anónimo

    Já estava na iminência de pedir à PJ a emissão de ...

  • Fernando Lopes

    Gábi, não sou insensível ao drama da deslocação do...

  • redonda

    eu não vou chamar, nada primeiro porque estou muit...

subscrever feeds