Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E agora para algo sério.

por Fernando Lopes, 18 Mai 16

Um leitor aqui da taberna deu-se ao trabalho de me agradecer por não ser homofóbico. É grave, no sentido em que ninguém se devia sentir agradecido por ser respeitado. É civismo básico. Não sou um defensor dos direitos gay – nem de porra nenhuma – porque não me parece que ser homossexual seja uma escolha, nem atribuo a uma preferência sexual direitos ou deveres diferentes dos demais. Nasce-se assim e pronto. Somos como somos e os outros devem respeitar-nos pela integridade, carácter, não pelo sexo da pessoa com quem dormimos. Provavelmente serei bizarro, mas a minha masculinidade, a paixão por mulheres que sempre fez parte de mim não precisa de ser comprovada por outros machos. É assim, como podia não ser. Não vou na conversa de «eu também tenho amigos homossexuais» como se tal fosse sinal de tolerância ou modernidade. Tenho amigos que são excelentes pessoas, a sua vida íntima é-me irrelevante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

  • pimentaeouro

    Parabéns Branca és uma sortuda. Põe o teu dono a f...

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

subscrever feeds