Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Partilhar a cama e dividir as contas.

por Fernando Lopes, 8 Jan 16

Nunca o fiz, nem mesmo quando namorava. Juntava-se a massa de ambos e ia-se até onde o dinheiro desse. Quem faz a gestão financeira da minha casa – para dizer verdade a gestão quase toda – é a minha mulher. Um conhecido, divorciado há uns tempos, decidiu juntar-se com uma moça. Como ela já tinha casa, resolveram ficar em casa dela. Tentou um acordo que se revelou impossível. Como só preciso de 500 euros por mês para as minhas despesas, deposito o resto na tua conta e tu fazes a gestão que quiseres. A rapariga encarou mal, achou que ele se estava a desresponsabilizar, que as despesas tinham de ser divididas a meio e cada um ficar com o seu dinheiro. Diga-se de passagem que ele ganha bastante mais que ela e que a jovem não ficara de modo algum prejudicada.

 

Lamentava-se de nos fins de mês andar a rachar contas com a mulher com que tinha feito amor na noite anterior. Compreendo-o, penso da mesma forma.  Ganho o suficiente para viver sem dificuldades ou luxos, e procederia do mesmo modo. Não me quero chatear com dinheiro, só comprar cigarros, ir a umas jantaradas, comprar uma ou outra peça de roupa. Este procedimento é assim tão anormal? Digam as senhoras e os homens de sua justiça. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

  • pimentaeouro

    Parabéns Branca és uma sortuda. Põe o teu dono a f...

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

subscrever feeds