Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Até nos momentos mais negros.

por Fernando Lopes, 21 Set 15

Todos temos um lado de luz e um de trevas. Uns são mais luminosos, outros nunca conseguem que a sombra deixe de pairar sobre si. Tentamos enganar-nos como se esse lado fosse menor, insignificante. Tornamo-nos actores em drama escrito pela própria mão. Frequentemente passo longos momentos no lado oculto da minha lua, numa estranha satisfação com a infelicidade, prazer masoquista em que o negro se sobrepõe à luz. Eufórico às vezes, deprimido outras tantas, o tempo ensinou-me a conviver com sol e chuva, luz e sombra, alegria e depressão. Mas até nos momentos mais negros se consegue antever raio de luz num céu toldado pelo cinzento.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds