Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O que é que eu fiz?

por Fernando Lopes, 21 Jul 15

Quando a minha mulher passa por mim de trombas ou olhar flamejante, só pergunto: O que é que fiz? Podem ser crimes tão graves como deixar os boxers no chão em vez de os pôr na tulha; mudar o papel higiénico e esquecer-me de deitar fora o rolo castanho; não passar por água o copo de leite que bebi. Coisas insignificantes, que no feminino se transformam em crimes de lesa-pátria. Melhor é ir pedindo desculpa em avanço, mesmo sem me ter apercebido do erro que cometi. Uma mulher furiosa faz-nos sentir como um chihuahua face a um pastor alemão: é deitar-se no chão, levantar as patinhas e mostrar-se indefeso, pois ninguém se quer confrontar com um colosso enfurecido. Por isso, caro leitor, para prevenir males maiores vá pedindo desculpa mesmo que não saiba o porquê. O tubarão que atacou o surfista é coisa de mariquinhas comparado como uma mulher enfurecida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds