Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

bando.jpg

 Porque as estórias têm sempre um rosto: o bando, a adolescente e o dançarino enlouquecido.

 

Noite de S. João. Como já se está a tornar hábito, passamos pelo «Rádio» para beber umas cervejas e dançar. O DJ do sítio, de nome Salazar, tem escolhas completamente incoerentes, e é essa a sua grande qualidade. Num segundo podemos estar a ouvir Doce, no seguinte AC/DC. É muito raro dançar, e desligo-me do mundo, como se apenas eu a música existíssemos. Tinha jantado com um grupo de queridos amigos, estava ligeiramente bebido e desatei a dançar.

 

Quando desperto da possessão, uma jovem adolescente, filha de companheiros de farra, olha-me entre o incrédulo e o divertido. No rosto, estampada a sentença: «o cota é meio choné, mas rocka». É assim pequena, há velhotes que se divertem sem medos ou convenções. Eis um.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Henedina

    Expert :)

  • Henedina

    Minto, também na Índia. Como acompanhava o bandola...

  • Henedina

    Só passei uma noite no Dubai. Gosto mais de nature...

  • Fernando Lopes

    Obrigado, Genny.Enorme, enorme, abraço.

subscrever feeds