Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Talvez.

por Fernando Lopes, 2 Jun 15

Talvez a solução para os problemas do mundo esteja no fundo de uma garrafa, numa linha de coca, num caldo de cavalo cortado com aspirina. Ou talvez não. Talvez seja a literatura, essa fraca imitação da vida, onde os heróis, após um apuro ou outro, vencida tragédia ou obstáculo, sobrevivem quase sempre, emergem purificados e vigorosos. Talvez a poesia, jogo lúdico de palavras, onde cada leitor encontra sempre algo de seu e uma mão cheia de nada. Talvez como o pintor a única forma de sobreviver à dor seja mutilar-se para sentir uma dor maior ainda. Talvez seja o amor o redentor, o de Cristo ou que encontras quando encostas a cabeça no colo de uma mulher. Talvez a dor seja o que nos move, a droga, o álcool, a literatura, a poesia, o amor, o que nos apazigua. Talvez não haja solução para os problemas do mundo. Do meu, do teu, de todos os mundos. Talvez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds