Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Como pode um ateu sobreviver a uma missa.

por Fernando Lopes, 20 Mai 15

sit-down.jpg

 

Vou a missas em duas situações: casamentos e funerais. Não tenho educação católica, nunca fui baptizado, todos os rituais religiosos me são estranhos. Frequento estas cerimónias porque anseio partilhar a alegria dos noivos ou prestar respeito aos mortos e carinho aos seus familiares. As missas têm um ritual de levanta-senta que não é de fácil entendimento para o não habitué. Já assisti a várias em que o sacerdote fazia sinal para sentar ou levantar, facilitando a vida aos fiéis distraídos ou frequentadores ocasionais. Na última reparei num rapaz à minha esquerda que tinha a seu lado a cesta da colecta. Meu dito, meu feito. Fixei-me nele e cumpri o culto sempre com o ritmo certo, melhor que muitos católicos praticantes. O moço levantava-se, Fernando de pé. Sentava-se, Fernando sentado. Ajoelhava-se … Fernando de pé. Nas cerimónias com muitos ímpios o ideal seria a colocação de um semáforo, verde para ficarmos de pé, vermelho para sentado. Com uns bonecos personalizados a coisa ficava gira e poupavam-se uma série de embaraços.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds