Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Englizing.

por Fernando Lopes, 15 Mai 15

O inglês transformou-se em língua franca dos negócios até ao absurdo. CEO, CFO, term sheet, briefing, headcount, stock split, managment buyout  e muitos outros termos que facilmente teriam tradução em português têm de ser ditos em inglês sob pena de o interlocutor fazer de conta que não entende o que se pretende. Acresce a isto o paradoxo de os nossos quadros superiores serem dotados de baixas skills na língua de Shakespeare. Dir-se-ia que falam um shitty english. Não tinha a noção que este cancro já se tinha propagado ao mundo da saúde. Um documento que me passou pelas mãos fala não na depilação de um doente, mas em shaving. Apetece-me mandá-los ass taking.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds