Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Obrigado, e voltem sempre.

por Fernando Lopes, 9 Mai 15

amigos.jpg

 

Passe a imodéstia, uma das minhas características mais nobres é a autenticidade. What you see is what you get, isento de truques e rodriguinhos. Isso explicará porventura a facilidade que tenho em me relacionar com as pessoas, independentemente de onde vêm. Conheci a Treza através de um pedido de ajuda, queria que ela me fizesse um template para o blogue. Acabámos por nos tornar amigos. Como as coisas boas muitas vezes surgem aos pares, veio também o Luís.

 

Quando vistam o Porto encontramo-nos sempre. É um gosto estar com eles, partilhar estas ruas que são as minhas veias, parar para lhes explicar a estória de uma loja da minha infância, um ou outro local que me marcou. Como guia turístico devo ser um desastre, mas, justiça me seja feita, haverá poucos que ponham tanto de si no que orgulhosamente exibem.

 

Ontem, tive-os por cá. Percorremos ruas, espreitamos bares, conversamos, comemos. Celebramos a amizade e a vida. Ei-los sorridentes, na «Badalhoca da Baixa», entre presuntos e canecos de Espadal. Obrigado, e voltem sempre. É um prazer tê-los por cá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds