Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fatinho do ajustamento.

por Fernando Lopes, 28 Jan 15

Hoje, enquanto fazia o nó da gravata e vestia o casaco, olhei para a roupinha. É a imagem do proprietário, coçadito mas ainda digno. Tempos houve em que comprava fatos de qualidade média e gastava 300 euros sem entusiasmo ou sofrimento. Uma farda e ponto.

 

No cabide está um casaco de penas da Timberland, velho de 10 anos, que era relativamente caro. Hoje não teria dinheiro para o comprar. De facto não sou aumentado desde 2005, os impostos subiram, tive até uma redução de vencimento. Não me posso queixar, tenho um padrão de vida muito superior à maioria dos portugueses, mas longe vão os tempos em que não tinha de fazer muitas contas.

 

Apeteceu-me mandar um mail à gorda da Merkel, e explicar-lhe que como eu, milhares de portugueses iniciaram o «ajustamento» há 10 anos. Hoje não posso gastar o mesmo dinheiro, estou limitado à Zara ou ao C&A, e viva o velho. Fuck You, Mrs. Merkel, I’m adjusting since 2005.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Sem,de todo - que fique claro, ao contrário daquel...

  • Fernando Lopes

    CC, tem alguma razão, mas apenas lhe posso falar d...

  • Fernando Lopes

    O toque pode ser uma forma de exprimir afecto, pod...

  • Fernando Lopes

    Há uma fronteira, muito vezes ténue, entre corteja...

subscrever feeds