Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Guia para conquistar um homem maduro.

por Fernando Lopes, 8 Dez 14

Os homens são frequentemente acusados de pensar o amor com a genitália. Incapaz de negar esta evidência, constato que alguns de nós amadurecem afectivamente. Na meia-idade, vivemos um enorme paradoxo, tornamo-nos menos desejáveis e mais exigentes.

 

Não sou hipócrita, uma carinha laroca, olhos limpos, seios firmes, rabo bem-feito, podem fazer-nos perder a cabeça e mandar a teoria às malvas. Temporariamente, apenas temporariamente.

 

Há quem valorize mais ser estimulado intelectualmente, outros procuram coração acolhedor. Embora queiramos tudo, pertenço essencialmente ao segundo tipo, sempre me foi mais simples encontrar intelecto que afectos. Mas, como disse um amigo, «nesta idade, uma mulher, antes de me foder fisicamente tem primeiro de me foder na cabeça». Uma verdade tão simples que dói. Um homem maduro conquista-se pela cabeça.

 

Nesta luta pela felicidade o belo sexo tem tendência a cometer erros capitais. As mulheres mais jovens querem pacote completo, uma família, filhos, cão e carrinha. Ora um investimento financeiro e afectivo deste calibre pode não ser a melhor abordagem a um homem já com três filhos e que se vê mensalmente em palpos de aranha para a pagar a pensão de alimentos. Às mais velhas falta muitas vezes adaptabilidade. Viver junto é um compromisso, vão existir mais desarrumação, imprevistos, e o habitual laxismo masculino. É necessário ter jogo de cintura e alguma paciência. Somos animais de hábitos, mas mais difíceis de treinar que os vossos gatos. A vossa vida sozinha, perfeita, organizada, arrumada, planeada, terminou. Se não se querem meter numa carga de trabalhos e inconveniências o melhor é desistirem rápido.

 

Ficam estas pérolas de sabedoria para as mulheres que não desistiram de se apaixonar e por alguma razão se interessaram por um tipo pós-45.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

  • Genny

    O Natal está aí à porta. Começa a introduzir esse ...

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

subscrever feeds