Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porque escreves, Fernando?

por Fernando Lopes, 18 Nov 14

Podia tentar respostas complexas, falar de sensibilidade, armar-me em candidato a artista. A razão é muito mais prosaica: escrevo porque necessito de ser amado. Em mim ainda existe o rapazinho que foi criado como filho único, sem companheiros de brincadeiras, que se entretinha sozinho. Nunca fui especialmente popular ou dotado. Aluno razoável, desportista mediano, tirando meia-dúzia de amigos incondicionais, sempre fui um solitário. Escrever publicamente funciona como uma dupla catarse; encontro alguém que do lado de lá da internet faz minhas as suas dúvidas e partilha idênticas angústias. Um modo simples de dizer aos outros e a mim mesmo, não estás só.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

  • Genny

    O Natal está aí à porta. Começa a introduzir esse ...

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

subscrever feeds