Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quando estou contigo.

por Fernando Lopes, 12 Out 14

Quando estou contigo as palavras enrolam-se-me na língua, tremo das pernas, começo a transpirar em bica. Quando estou contigo, as coisas são simples, o mar e o céu azuis, não há dúvidas, incertezas, insegurança, amanhã. Quando estou contigo a poesia não é distante, hermética, mas coisa viva, à minha frente, que me sorri. Quando estou contigo, me recolho no teu ombro e choro, todos os males do mundo são insignificantes. Quando estou contigo, estou sempre nu, porque me despes no mais íntimo da alma. Quando estou contigo sou com uma criança que se ri divertida das suas próprias tontearias. Quando estou contigo pareço um marinheiro bêbado, delirante e alegre, porque sei que vou estar contigo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na parede.

por Fernando Lopes, 12 Out 14

drunk_face.JPGRua Miguel Bombarda, Porto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

  • Genny

    O Natal está aí à porta. Começa a introduzir esse ...

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

subscrever feeds