Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cordial hostilidade.

por Fernando Lopes, 17 Set 14

O oxímoro que titula este post define muitas das minhas relações. Nunca fui de rebanhos, tribos, confrarias, relações tacitamente comandadas pelo interesse. Suspeito de líderes, gurus e profetas em geral. Valorizo mais o carácter que a inteligência, a humildade que a capacidade de sobrevivência. O meu dia-a-dia está cheio de pessoas que ora se integram e anulam por medo ou conveniência ou, misteriosamente dotados de soberba infindável, se sentem predestinados. São tortuosidades e fraquezas da natureza humana. Desejava poder pairar sobre as humanas inconveniências que frequentemente me surgem no caminho. Não sendo tal possível, trato-as com cordial hostilidade. Melhor que me transformar em cão raivoso, rosnando para o mundo, e no entanto, incapaz de o mudar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

  • alexandra g.

    Uma bela albina, poderia ser gémea da gata da minh...

subscrever feeds