Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Há 32 anos estava em Vilar de Mouros.

por Fernando Lopes, 1 Ago 14

 

Tinha 19 anos. Fizemos a viagem Porto-Caminha de comboio e o local do festival ficava a uma boa meia-dúzia de quilómetros da estação, distância percorrida a pé, mochila às costas. Quando chegámos já não havia lugares para acampar, invadimos um campo de milho. Tudo no festival estava subdimensionado, havia pouca comida e cara, alguns chuveiros e casas de banho, mas nada capaz de acomodar e alimentar as 16.000 pessoas que por lá apareceram. Campismo selvagem, banho de rio, pão a preço de bife, são as minhas recordações. O local do espectáculo era cercado por uma paliçada, sentíamo-nos meio aprisionados. Jantámos salchichas com molho de Super Bock, fumámos um charro e fomos à música.

 

Estavam previstos os Heróis do Mar, na altura em grande com o êxito «O Amor», mas não apareceram. Os Echo and The Bunnymen, banda para muitos desconhecida, ocuparam o lado direito do palco, empurrados para canto pelas vedetas da noite, The Stranglers. Tinham um hit que passava no Rock em Stock, «La Folie», que se recusaram a tocar apesar dos pedidos insistentes do público. Foi uma espécie de Woodstock à portuguesa, como já tinha sido em 1971. Passaram 32 anos, e hoje, a propósito do festival, recordei-me disto. Acho que mereço o estatuto de festivaleiro veterano. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

  • alexandra g.

    Uma bela albina, poderia ser gémea da gata da minh...

subscrever feeds