Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Zézinho vai aos saldos.

por Fernando Lopes, 17 Jul 14

O título da posta não é totalmente inocente. Apesar de José ser o meu segundo nome, Zézinho é também nome carinhoso que se dá ao órgão sexual masculino. Neste caso dois Zés vão aos saldos, o propriamente dito e o seu inseparável companheirozinho – por este lado assistiram-se a alguns porno, e depois de John Holmes perdeu-se a mania das grandezas. Ora, como todo o velho macho, detesto ir às compras, só o faço em caso de absoluta necessidade. 

 

A tarde vai ser dedicada ao calçado. De sapatos estou pior que um pobre, por aí se vai concentrar a demanda. Pela primeira vez na minha vida, umas botas Timberland deixaram-me ficar mal e rebentaram. Como sou arraçado de madeireiro, há duas peças que nunca dispenso no meu trajar informal (fashionistas, sei que se diz casual wear, mas só uso palavras inglesas quando exprimem algo não exactamente traduzível em português), as botas de montanha e as Levi’s 501.

 

As botas serão, para variar, um qualquer modelo Timberland, eventualmente as que estiverem mais em conta. Como sou um tipo de paradoxos, custa-me muito mais comprar o «sapatinho social», parte da fantasia que me obrigam a levar para o local de trabalho. Confesso que aceito com alguma bonomia pagar mais de 100€ por uma botas ou jeans, torço-me todo se gastar idêntica quantia num fato ou sapatos. Assim, critério rigoroso nas botifarras, sapatos pode ser qualquer coisinha, quanto mais barato melhor.

 

Coragem – digo para comigo. Quão mau pode ser um dia de saldos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

  • Genny

    O Natal está aí à porta. Começa a introduzir esse ...

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

subscrever feeds