Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nunca demasiado velho.

por Fernando Lopes, 23 Mai 14

Este é um post de género, crítico do meu. Ouvi algures a conversa entre duas jovens raparigas.

 

- E o fulano de tal? Parece interessado em ti.

- Esse é demasiado velho.

- Eles nunca se acham demasiado velhos.

 

Nada mais verdadeiro. Uma parte substancial dos homens de 50 anos acha que uma miúda de 30 está dentro do seu target. Não sei se é pelo ego inflado, auto-defesa, por conservarmos as capacidades reprodutivas até mais tarde, um homem pensa assim. Caricato, principalmente quando cobiçam gente da idade das suas filhas. Nunca demasiado velho para uma miúda gira. Depois aqueles casos, uma imensa minoria, dos que sem filhos, casam com divorciadas que já têm prole. Certo e sabido que vão a correr fazer um filho, ansiosos por provar que «também são capazes». Isto para não falar de patéticos velhinhos que casam com mulheres 40 anos mais novas, afogam-se em Viagra para cumprir e depois sentem-se mal do coração. Não me acho velho, mas sei que não sou desejável ou atraente como outrora; conformo-me. Porque é que a maior parte de nós não se olha criticamente ao espelho e assume que já não é o rapaz de antigamente?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds