Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amar é resistir.

por Fernando Lopes, 19 Mai 14

Já nos amamos até à exaustão, vestimo-nos de sol quando chovia, sonhamos o mesmo sonho, atravessamos prados infinitos e desertos impregnados pela pestilência da morte. Fizemo-lo juntos. Já guerreamos, trocamos acusações, viramos costas. O amor é assim, às vezes prazenteiro, outras conflituoso e angustiado. Estou aqui porque te amo, não importa o que aconteça lá fora. Dá-me a mão, temos ainda muitas batalhas a vencer, espera-nos uma maratona interminável. Pensa em mim como aquele que correrá sempre a teu lado, pois ambos sabemos que amar é também resistir.

 

Para a minha mulher, Teresa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds