Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carta aberta aos produtores de leite.

por Fernando Lopes, 13 Mar 14

Caros produtores de leite – e não me estou a referir às vacas:

 

Cá em casa gostamos muito de leite, do bom, daquele de vacas nacionais que tanto encantam o nosso Presidente da República, que se deliciam em ser ordenhadas e até sorriem para os pastos. Lastimamos no entanto que as vacas não produzam o seu néctar já em pacotes de abertura fácil. É que, lamentavelmente, os senhores produtores da Lactogal insistem em embalá-lo naqueles pacotes picotados que são quase impossíveis de abrir. Primeiro, a ponta do pacote vem colada com SuperCola3, o que parecendo que não, dificulta que se consiga puxar a extremidade. Essa cola está exactamente por cima do «picotado», o que o reforça. Ora, caros senhores, um picotado que é apenas gráfico, reforçado por cola, exige uma força sobre-humana para abrir o recipiente.  Além disso o produto proveniente do ubre das vacas que os senhores vendem, com este sistema fica exposto ao ar, tornando mais fácil a sua «perecidade», aumentando os riscos para a nossa saúde. Assim, se não for pedir muito, e em nome de milhares de famílias que sofrem o mesmo problema que a nossa, solicitamos que passem a colocar nos vossos produtos aquelas tampinhas de abertura fácil como as dos sumos de fruta. Para V. Exas. será um aumento de 0,01€ por pacote, a nós evitar-nos-á dizer coisas como «o filha da puta do leite não se consegue abrir» frente às nossas criancinhas, porá fim a muitos incidentes domésticos como o que ainda agora me aconteceu; tive de fazer tanta força para abrir o pacote que o apertei, espalhando o seu conteúdo pela mesa da cozinha. Não creio que esta vossa displicência face às necessidades do consumidor seja consequência de um qualquer atavismo lácteo ou pura má vontade. É que os senhores, devidos aos lucros do outrora chamado «ouro branco», enriqueceram, e estão mais sensíveis ao Barca Velha que ao Mimosa. Estive a analisar os vossos estatutos e relatório e contas, e também não encontro nenhuma participação no capital social de uma fábrica de tesouras. Peço pois a vossa boa vontade para implementarem novos processos de abertura-fácil nos pacotes do nosso leitinho.

 

Certos que irão cumprir as nossas expectativas,

Família Lopes

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

  • alexandra g.

    Uma bela albina, poderia ser gémea da gata da minh...

subscrever feeds