Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Conto ínfimo.

por Fernando Lopes, 11 Mar 14

Nenhum homem, por muito inteligente e conhecedor das coisas que seja, é insensível à lisonja. Assim era Lord Cedric, um homem que fazia jus à onomástica, gentil, inteligente, amado, de trato fácil. Fazia um sorriso embraçado, colando os olhos no chão quando lhe exaltavam o conhecimento na arte da estratégia; nos combates de treino para a justa, disfarçava o orgulho quando lhe elogiavam os dotes guerreiros; quando com alguma criada, usava o seu órgão viril os gritos de prazer da moça eram mais agudos, o orgasmo mais lânguido.

 

Era um homem bom, poderoso e justo, mas como todos, inseguro. A lisonja era o seu ponto fraco. Só os simples são capazes de se ver despidos no espelho dos outros sem se sentirem débeis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds