Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sinais de sucesso do “programa”.

por Fernando Lopes, 12 Dez 13

Morro de cólicas cada vez que ouço Maria Luís Albuquerque referir-se ao “programa”. Raramente se lhe ouviu associar ao substantivo “programa” a palavra “ajustamento”. No reino dos eufemismos a menção da palavra “programa” dá um ar de inocuidade e inevitabilidade às medidas impostas pela troika, como se estas fossem o único caminho possível.

 

Ora, o “programa” é um sucesso, posso garantir-vos. Hoje, numa curta visita pelas lojas, notei que tudo, rigorosamente tudo, está em promoção. O “enorme aumento de impostos” teve como consequência que os portugueses que ainda têm trabalho ficassem privados de 1/14 avos do seu rendimento anual. Não há dinheiro e as empresas fazem promoções a tudo o que mexe. Na Bertrand, 25% de desconto em milhares de livros. A LeYA está com uma campanha de pague 1 leve 2, Zara, Cortefiel e a maioria das lojas de vestuário publicitam promoções de 30 a 50%, e até as empresas de brinquedos, que facturam na época natalícia 70% do total do ano, estão com reduções acentuadas dos preços.

 

Se o objectivo era deixar os portugueses sem cheta e os comerciantes à beira de um ataque de nervos, não há dúvida que o “programa” está a ser um êxito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds