Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Zombies.

por Fernando Lopes, 27 Ago 13

Muitas vezes, parece que carrego sobre mim todos os males do mundo. Cansado, arrasto-me: trabalho, casa, trabalho, sempre a viver o mesmo dia com ínfimas variantes. Não há filosofia, literatura, arte ou amor, que me tirem desta atonia. Olho para a mulher gorducha que caminha vergada, o vendedor da "Cais", também ele com a cerviz curvada, a mulher-a-dias com o peso da limpeza dos outros, o engravatado arrasta os pés, melancólico e impotente. Fazemos todos parte do mesmo exército de zombies.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

  • Fernando Lopes

    Croissant, meu caro, mas como o povo não sabia fra...

  • Carlos A. de Carvalho

    Que raio são coraças ? Como vou estar por aí a sem...

subscrever feeds